Universidade São Judas oferece assistência jurídica gratuita à população de São Paulo

Com atendimentos adaptados para o ambiente online, o Núcleo de Práticas Jurídicas da universidade oferece assistência para pessoas que precisam de ajuda com questões judiciais 

Em funcionamento desde 1995, o Núcleo de Práticas Jurídicas da São Judas, que integra o Ecossistema Ânima Educação, atendeu mais de 5 mil pessoas entre os anos de 2017 e 2019. Os usuários do serviço, cidadãos que buscam ajuda para diferentes causas que precisam ser levadas à justiça, encontram, no Nuprajur, uma solução gratuita para resolver questões complexas que exigem a mediação de um advogado. O núcleo atua em parceria com a OAB, Defensoria Pública, Tribunal de Justiça e Delegacias e está à disposição da população carente. Para ter acesso aos serviços, basta entrar em contato através do e-mail eaj@usjt.br, de segunda a sexta, das 9h às 18h, descrevendo qual é a situação e a equipe retornará com as orientações.

De acordo com o professor Marcos Bernardini, coordenador do Núcleo de Práticas Jurídicas da São Judas, a iniciativa é uma prestação de serviço à sociedade. “O Nuprajur atende muitas pessoas que nos trazem questões das mais diferentes áreas. Nosso propósito é prestar um serviço de qualidade para quem precisa. Dessa forma, contribuímos para a melhoria na qualidade de vida, resolvendo suas dificuldades que envolvem a justiça e acabam tirando o sossego dessas pessoas. É a nossa forma de interagir com a comunidade e de aplicar nosso conhecimento em benefício da população, além de proporcionar aos alunos um aprendizado prático”, ressalta Marcos.

Antes mesmo de concluir a graduação, estudantes do curso de Direito participam ativamente do Nuprajur, colocando em prática os aprendizados conquistados em sala de aula em função dos clientes que buscam ajuda. De acordo com o professor Marcos Bernardini, o contato com essas núcleo já inicia a partir do 3º semestre, quando os alunos já estão aptos a desenvolver atividades como petições, despacho com juízes e audiências, sob a orientação dos professores ou advogados do núcleo.

Para Regiane Valente, estudante do 10º período de Direito na São Judas, participar do núcleo foi uma oportunidade ímpar de crescimento. “O Nuprajur é uma grande escola da prática jurídica onde consegui aliar dois pilares muito importantes: desenvolvimento profissional e pessoal no apoio à população carente que precisa de auxílios em serviços do Direito. Ter feito parte da equipe me ajudou muito a conhecer o dia a dia de um profissional atuante, como os trâmites são realizados e, principalmente, a como lidar com os clientes.