Carlos Alberto Medina vence 1º Prêmio São Judas Solidário

Estudante do quarto ano de Direito leva o esporte para jovens carentes no Projeto Oficina de Vencedores

Reconhecer e incentivar iniciativas de responsabilidade social dos alunos foi o principal objetivo desta primeira edição do Prêmio São Judas Solidário. Cerca de 40 projetos de estudantes, da capital e de Santos, foram inscritos, 12 foram selecionados para a segunda fase.

Confira aqui os projetos

 

Para definir quem seria o vencedor, a etapa final do concurso baseou-se no volume de curtidas dos vídeos enviados pelos participantes. Com mil likes registrados no Youtube, Carlos Alberto Medina, aluno do curso de Direito, consagrou-se vencedor e garantiu um ano de parceria com a São Judas para aprimorar o Projeto Oficina de Vencedores e continuar levando esporte para jovens carentes da periferia de São Paulo.

“Eu trabalho com voluntariado há 22 anos e nunca tive reconhecimento de nenhuma instituição. O que a São Judas está propiciando para nós agora é inédito, principalmente para essas crianças (…), porque o poder público não chega na periferia. Nós temos pouco auxílio, não temos áreas de lazer e esporte”, afirmou Medina.

O estudante ainda falou sobre a importância das ações sociais para transformar a realidade local. “O que temos é o conhecimento e procuramos levar para as áreas mais afastadas. Existem outros participantes que têm projetos similares que, por meio do esporte, tentam resgatar a sociedade. Eu hoje não posso salvar o Irã, O Iraque, eu não posso salvar a Namíbia, mas eu posso salvar o Yudi que treina comigo”, destacou.

Em 2019, a expectativa é que a segunda edição do Prêmio reúna ainda mais projetos. Responsabilidade social, a São Judas apoia essa causa. Muito obrigada!

Inscreva-se