O Plano de Ação (PAGE) e a Arquitetura Social ganham exposição

A exposição O PLANO DE AÇÃO (PAGE) E A ARQUITETURA SOCIAL, que será realizada entre 2 e 5 de abril de 2019, no saguão de entrada do Instituto de Arquitetura e Urbanismo (IAU), no Campus da USP em São Carlos, complementa as atividades do 6º Seminário DOCOMOMO São Paulo, realizado em setembro de 2018, que teve como tema “A Arquitetura Moderna e a Questão Social”.

O evento foi organizado pelo IAU, pelo Núcleo DOCOMOMO SP, com apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo (CAU/SP), por meio de um Termo de Parceria assinado com o Instituto Anima-Sociesc. A exposição conta também com o apoio de outras instituições de ensino como: São Judas, UPM, Unip, Unesp, Escola da Cidade, entre outros agentes e entidades ligados à Arquitetura e Urbanismo.

O tema da exposição é a produção de equipamentos públicos durante a gestão do governador Carvalho Pinto no Estado de São Paulo (1959-1963), a partir do seu Plano de Ação (PAGE), do ponto de vista da difusão da arquitetura moderna e dos compromissos políticos que os seus protagonistas estabeleceram. Essa experiência
configura-se como um dos momentos mais ricos do Modernismo Brasileiro e de sua dimensão social, razão pela qual a exposição é um marco importante para a divulgação dessa valiosa produção.

Trazendo para o primeiro plano a questão social por meio da produção de equipamentos públicos, as obras implantadas pelo PAGE, valendo-se da hegemonia já alcançada pela Arquitetura Moderna nos anos 1950, incrementaram o desenvolvimento da linguagem, produzindo novas soluções e tipos modernos, não se limitando à repetição de concepções e formas consagradas e estabelecidas.

A exposição tem por base a pesquisa “Difusão da arquitetura moderna no Brasil – o patrimônio arquitetônico criado pelo Plano de Ação do governo Carvalho Pinto (1959-1963)”, realizada pelo Grupo de Pesquisa “Arte, arquitetura Brasil: Diálogos na Cidade Moderna e Contemporânea – ArtArqBr”, inicialmente financiada pela FAPESP.

Nela, identificou-se que mais de 160 arquitetos projetaram para o PAGE, produzindo equipamentos em 275 cidades do Estado de São Paulo. Até agora, a pesquisa registrou mais de 1.100 empreendimentos construídos, levantou 661 e inventariou com precisão 521. Uma pequena parcela dessa produção será apresentada na exposição, todavia, como poderá ser atestada, sua importância para os rumos da Arquitetura Moderna Brasileira foi inequívoca.

Local: Saguão de Entrada do IAU, no campus da USP em São Carlos.
Data: de 2 a 5 de abril de 2019
Horário: Aberta durante todos os dias, no horário de funcionamento do IAU-USP
Inauguração: abertura oficial no dia 2 de abril de 2019 às 17h

 

Inscreva-se