Encontro Nacional de Educação Jurídica debate as novas diretrizes do curso de Direito

Evento na unidade Mooca apresenta a profissionais e alunos as mudanças que entraram em vigência em 2018

Nesta quinta-feira (26) a Universidade São Judas, em parceria com a Associação Brasileira de Ensino do Direito (ABEDi), deu início na unidade Mooca o Encontro Nacional de Educação Jurídica, que debate as novas diretrizes curriculares do curso de Direito, expedita pelo Ministério da Educação (MEC) e em vigência desde dezembro de 2018. Com a presença de grandes nomes do meio, o evento contou com alunos e profissionais.

Na abertura, a professora da São Judas, Maria Bartira Muniz, agradeceu a presença de todos e convidou a presidente da ABEDi, Professora Maria Vital, a iniciar o evento.

Em sua fala, professora Maria ressaltou a importância de discutir as mudanças no ensino do direito. “Agradeço muito a São Judas por estar nos recebendo e proporcionando um momento de discussão”, disse a professora. “Esperamos uma maior conscientização da comunidade jurídica sobre este momento ímpar e que o resultado de tudo isso seja um ensino inovador e participativo. ”

Na sequência, um dos fundadores da ABEDi, o professor Horário Wanderlei Rodrigues, apresentou palestra sobre as novas diretrizes, bem como seus conteúdos, atividades, competências e metodologias de ensino. Professor Horácio também fez o lançamento de seu livro “A Educação Jurídica no sec. XXI”.

“O que se percebe na comunidade jurídica são as muitas dúvidas sobre como implementar as novas diretrizes”, afirmou professor Horácio. “Eventos como este são muito importantes porque propiciam uma troca de informações entre coordenadores de vários cursos e vários professores, na solução dos questionamentos, para que as implementações sejam adequadas.”

“É muito importante que se discuta a educação jurídica na atualidade, principalmente porque o avanço da tecnologia influencia diretamente no futuro da profissão. Precisamos dialogar sobre o perfil do egresso e das pessoas que estão em formação, para que tenhamos docentes preparados”, finalizou a professora Maria Bartira.

O Encontro Nacional de Educação Jurídica acontece até sexta-feira, dia 27.

Confira a programação completa