Universidade São Judas atende 37 mil alunos em 11 unidades no Estado de SP

Instituição oferece mais de 150 laboratórios que contemplam cursos de todas as áreas; vão de Anatomia, Geologia, Física, Estética, Odontologia até completos estúdios de rádio e TV

Com mais de cinco décadas de tradição no ensino superior, a Universidade São Judas é atualmente a segunda melhor universidade privada do Estado de São Paulo, segundo conceito do Ministério da Educação. A qualidade do ensino e da infraestrutura disponibilizada aos mais de 37 mil alunos atualmente matriculados estão presentes nas 11 unidades da instituição.

A Faculdade que abriu suas portas em 1971 na capital paulista, apenas com os cursos de Administração e Ciências Contábeis, oferece hoje mais de 80 cursos entre graduação, pós-graduação e MBA, mestrado e doutorado entre outros, nas mais diversas áreas. Todos são ministrados por um corpo docente composto em 97% por mestres e doutores.

A São Judas possui sete unidades na cidade de São Paulo. O campus Mooca é a primeira sede da universidade e, além dos mais de 80 cursos, oferece aos estudantes o Hospital Veterinário. Levando ensino de qualidade para a região Leste, a unidade Butantã foi a primeira expansão da instituição.

As unidades Jabaquara, Paulista e Santo Amaro ampliaram ainda mais a área de atuação dentro da capital. As mais novas, Santana e Vila Leopoldina foram inauguradas em 2019. Todas as unidades estão estrategicamente localizadas nas proximidades de estações de metrô e trem, facilitando o acesso aos estudantes.

Além das sete unidades instaladas na capital Paulista, a São Judas está presente em duas cidades da Grande São Paulo: São Bernardo do Campo e Guarulhos. E no Litoral, com dois campi na Baixada Santista. A unidade Cubatão foi inaugurada no ano passado e abriga a Faculdade de Medicina da cidade.

Em Santos, a São Judas chegou em 2018, com a aquisição da Unimonte, instituição pioneira na região em muitos segmentos, como o modelo híbrido de ensino, e o movimento maker que estimula uma aprendizagem mais prática. A unidade passou a se chamar Centro Universitário São Judas Tadeu – Campus Unimonte.

São 150 laboratórios de aprendizagem em diversas áreas

Para garantir aprendizagem alinhada às tendências tecnológicas de cada uma das áreas e inovação no ensino, os alunos têm à disposição 150 laboratórios de aprendizagem em diversas áreas, considerando todas as unidades.

Na unidade de Cubatão que abriga a Faculdade de Medicina, os estudantes contam como laboratórios de Microbiologia, Biologia e Morfofuncional. Na Mooca há laboratórios da área de biologia como Herbário, Acervo de Zoologia e Paleontologia, Horto de Plantas Medicinas e Tóxicas, além de um biotério, onde os animais são conservados para serem utilizados para fins científicos. A unidade de Mooca ainda possui laboratórios de Nutrição, Enfermagem, Odontologia, Anatomia Humana, Educação Física, Farmácia, Química, Mecânica e Engenharias. Concentra também consultórios de Fisioterapia, Psicologia, Arquitetura como o Laboratório de Modelos, Oficina de Artes e Maquetaria. Nesse mesmo campus, os alunos dos cursos de Comunicação contam com estúdios de TV, rádio e ilhas de edição.

Em Guarulhos há os laboratórios de Saúde como o Técnicas Dietéticas e Técnicas de Enfermagem, além dos destinados para os cursos de Engenharia.

Em São Bernardo do Campos, a São Judas oferece laboratórios de Desenho, Odontologia, Técnicas de Enfermagem, além dos multidisciplinares. Os de Desenho e multidisciplinar também podem ser encontrados na unidade da Vila Leopoldina. Em Santana há o laboratório multidisciplinar.

Na São Judas Butantã, os alunos contam com os estúdios de TV e rádio, laboratório de Anatomia, os destinados às Engenharias como Materiais de Construção e Fenômenos de Transportes, laboratório de Arquitetura e o AnimaLab.

Na Unimonte também há uma série deles: Anatomia, Enfermagem, Química, Geologia, Microscopia, Hidráulica, Física, Estética, Máquinas Térmicas, além das salas de desenho.

No Jabaquara, a São Judas oferece laboratórios de Desenho, Anatomia e multidisciplinar. O multidisciplinar e o laboratório de Desenho também são encontrados nas unidades da Paulista e de Santo Amaro.

Outro suporte pedagógico da instituição vem das bibliotecas que além de local de pesquisa e conhecimento se transformaram em espaços de estudo. A fim de dar mais agilidade, em todas as unidades os alunos são incentivados a acessar a biblioteca digital, que conta com acervos como EBSCO, Senac, Person e diversas outras bases de dados. São mais de 100 mil títulos bibliográficos, disponíveis 24 horas por dia, sete dias por semana, entre livros, teses, periódicos e outras obras.