Os desafios de trabalhar e estudar ao mesmo tempo Os desafios de trabalhar e estudar ao mesmo tempo

Os desafios de trabalhar e estudar ao mesmo tempo

É inegável que houve uma democratização das possibilidades de acesso à educação nos últimos anos no Brasil. Somente no ensino superior, o país já conta com 2391 instituições, sendo 2.090 privadas e 301 públicas. No entanto, essa acessibilidade e a maior oferta de cursos trouxeram para as universidades estudantes com poder aquisitivo mais baixo, que precisam recorrer a um emprego para arcar com os custos de estudar. Além disso, várias pessoas que já têm uma carreira estável de voltaram às salas de aula.

Quem tem um emprego em período integral ou um estágio precisa dar conta das horas de trabalho e do tempo extra — gasto com deslocamento e atividades que são levadas para casa. Ter uma rotina organizada, conseguir ter um período livre para fazer atividades da graduaçãoescolhida e evitar o cansaço físico e mental são os principais desafios de quem precisa conciliar uma vida dupla.

Devido à intensidade dessa jornada dupla, muitas pessoas acabam desistindo do sonho de ter uma formação superior. Para te ajudar a não precisar abrir mão do seu futuro, reunimos uma série de dicas sobre como conciliar trabalhos e estudos. Confira!

Quais são os principais desafios de trabalhar e fazer faculdade?

Ter uma formação superior já não é mais um diferencial, e sim uma exigência básica de um mercado de trabalho cada vez mais competitivo. Estudar é, sem dúvidas, um excelente investimento para o futuro, mas nem sempre é a prioridade para as pessoas que também precisa trabalhar. Quem pretende encarar esse desafio precisa entender quais são os principais obstáculos de trabalhar e fazer faculdade ao mesmo tempo. Listamos os 5 pontos mais importantes para que você comece a se organizar.

Otimizar o tempo

Para quem precisa aliar as tarefas dos trabalhos e da faculdade, é muito difícil conseguir separar os momentos voltados para o estudo e para a jornada profissional. Ao começar as atividades, o foco acaba se perdendo e coisas importantes vão se acumulando até um ponto exaustivo, em que o tempo nunca parece ser suficiente.

Algumas estratégias podem te ajudar nesse momento, como a Técnica Pomodoro, criada em 1980, que consiste em manter o pensamento focado em uma única função por 25 minutos e fazer uma pausa de 5 minutos até o próximo ciclo de tempo. É um método rigoroso, que nem sempre funciona com pessoas que preferem um pouco mais de liberdade de organização ou precisam de mais tempo para se concentrar. Não importa qual seja o método de que você escolher, não deixe de otimizar o tempo que tem para a manter a mente ativa e o corpo saudável.

Manter uma rotina produtiva

A rotina de quem precisa trabalhar e fazer faculdade ao mesmo tempo costuma ser muito pesada. O mais comum é que o trabalho seja feito durante a manhã e a tarde, e as aulas sejam assistidas à noite. Assim, é inevitável que o cansaço tome conta. Além de organizar a vida, é necessário aproveitá-la, e com uma rotina tão puxada os resultados acabam sendo insatisfatórios em ambas as áreas. Por isso, é essencial equilibrar sua rotina de maneira a manter a produtividade, para que todas as tarefas não sejam apenas feitas, e sim, bem feitas.

Organizar tarefas acadêmicas e profissionais

Se você enfrenta constantemente problemas para entregar as suas atividades acadêmicas e vive atrasando os prazos a serem cumpridos no trabalho, está na hora de fazer ajustes no seu calendário. Um bom planejamento de horários e do seu período de estudo é fundamental para conseguir dar conta de tudo, sem abrir mão de momentos de lazer e sem se descuidar da saúde, dormindo muito pouco, por exemplo.

Gestão financeira

Os gastos financeiros também são um dos desafios de quem precisa trabalhar e estudar ao mesmo tempo. Além de despesas com as mensalidades em si, estudantes precisam realizar investimentos em transporte, alimentação e todo o material de estudo. Para que valha a pena manter um emprego e estar na faculdade, é preciso manter não só uma boa gestão de tempo, mas também financeira, para que no fim de cada mês você não tenha problemas com as contas e possa guardar uma quantia para o futuro.

Gestão de prioridades

Em alguns momentos da sua dupla jornada, será inevitável abrir mão de algumas tarefas em função de outras, deixar de ir para atividades acadêmicas para se dedicar ao trabalho, e assim por diante. O essencial é estabelecer as suas prioridades durante essa caminhada, que vão de acordo com o seu estilo de vida e metas para o futuro. Quando se encontrar nessas situações, faça as seguintes perguntas:

  • “Qual tarefa precisa ser entregue mais rápido?”

  • “Posso pedir ajuda de um amigo ou colega de trabalho para realizar essa atividade?”

  • “Não entregá-la pode comprometer a minha nota no semestre ou causar a minha demissão?”

Essas são algumas questões básicas que te ajudarão a priorizar as atividades e não desistir da sua formação, ou do seu trabalho, no meio do caminho.

É possível trabalhar e estudar ao mesmo tempo?

Muitos estudantes e profissionais se sentem intimidados ao tentar conciliar uma vida dupla. Por conta dos desafios de ter uma rotina organizada, manter a mente produtiva e dar conta de todas as demandas, algumas pessoas desistem antes mesmo de tentar. No entanto, estudar e trabalhar ao mesmo tempo traz uma série de benefícios para o currículo e para a vida pessoal.

Quando se pensa em trabalhar e estudar ao mesmo tempo, a primeira coisa que vem à mente é que um emprego pode atrapalhar os estudos. E realmente pode, se o estudante não tiver uma rotina organizada e uma meta bem definida para o futuro. Se, por outro lado, tiver objetivos claros e uma boa organização, essa pode ser uma experiência enriquecedora. Um estágio, por exemplo, é um complemento de aprendizado para o que é apresentado durante a graduação, além de trazer uma ajuda financeira.

Além da construção profissional, trabalhar e estudar proporciona um crescimento pessoal único. Pessoas que têm de enfrentar as dificuldades da vida dupla se tornam mais confiantes, determinadas e organizadas com o tempo. Dentro de uma empresa, também é possível fazer contatos profissionais importantes para a carreira, e estabelecer prioridades na vida de maneira mais fácil. O principal segredo é ter uma rotina organizada e saber diferenciar os momentos de estudos e a hora de ter uma postura profissional.

Como posso conciliar trabalho e estudo na prática?

Planeje o seu dia previamente

Monte diariamente um plano de atividades que precisam ser realizadas no trabalho e na faculdade. Crie uma rotina realista com o que você pode fazer com o seu tempo, sem esquecer de incluir pausas para alimentação, descanso e atividades extras, como uma academia ou tempo com a família.

Planeje o seu dia desde o momento em que você acorda até quando vai dormir, estabelecendo horários de realização das tarefas. Priorize as mais urgentes e em seguida parta para as que têm um prazo de entrega maior. Lembre-se também de que querer executar muitas atividades no mesmo dia podem te sobrecarregar e provocar um cansaço desnecessário.

Separe os períodos de trabalho dos de estudo e inclua tempo de deslocamento entre trabalho e faculdade, além das atividades extracurriculares, e no fim de cada dia observe se cumpriu todos os horários e atividades. Esse exercício ajuda a enxergar as falhas e com o que você está perdendo tempo.

Em épocas de prova, monte um planejamento especial, em que você deverá se dedicar mais aos estudos ou terá que utilizar seu banco de horas no trabalho. Porém, não esqueça de ter um tempo livre para relaxar e cuidar de si mesmo.

Anote todas as suas atividades

Para evitar o esquecimento de demandas importantes, um calendário ou agenda podem ajudar a organizar mais claramente a lista de atividades que precisam ser realizadas. Estabelecer datas é uma maneira de controlar os prazos. Todo início de semana, comece marcando os compromissos fixos, como idas ao trabalho e faculdade, cursos extras ou prática de exercícios, e em seguida as ocasiões especiais, como idas ao médico, festas ou compras no supermercado. O mais importante é ter disciplina para consultar as suas anotações diariamente e não deixar de cumprir a lista de atividades daquele dia.

Escolha uma estratégia de estudo que funciona melhor para você

É comum, para quem precisa trabalhar e estudar, se sentir cansado ou perder facilmente a concentração após um dia de trabalho. Muitas estratégias ajudam a otimizar seu desempenho e aumentar o foco nas atividades. Uma delas é a técnica Pomodoro, que mencionamos lá em cima.

Esse método faz sucesso entre muitos estudantes, porém, para muitas pessoas pode ser um desafio quase impossível se ser cumprido. O mais importante é criar a sua própria estratégia, que se encaixe na sua rotina e traga prazer em estudar. Algumas dicas podem tornar a rotina acadêmica mais produtiva:

  • faça a distribuição das matérias e atividades mais difíceis ao longo da semana, nos dias e horários em que você estiver mais livre ou tenha maior rendimento;

  • se puder montar a sua grade curricular na faculdade, coloque as disciplinas mais complicadas nos melhores dias da semana para você, em que tenha mais tempo e se sinta mais motivado;

  • comece a estudar em períodos curtos de 1h ou 1h30 até conseguir um condicionamento mental para estudar em um tempo maior;

  • se for estudar em casa, escolha um local silencioso e livre de distrações. Utilize aquele tempo para se concentrar apenas nos estudos: se desconecte das redes sociais, desligue o celular e, se precisa utilizar a internet, bloqueie sites que podem te distrair;

  • monte um grupo de estudos que te ajude a acompanhar melhor os assuntos dados em sala em dias que, por acaso, tenha perdido aula, por conta do trabalho.

Otimize o seu tempo

Um dos desafios de quem estuda e trabalha é conseguir se concentrar nas atividades profissionais sem se preocupar com a rotina de estudos ou levar trabalho extra para casa, em um momento que deveria ser destinado às atividades acadêmicas. Muitas pessoas também acabam aproveitando o tempo no trabalho para realizar tarefas da faculdade, um erro que pode comprometer todo o planejamento diário.

Durante o seu expediente, se dedique inteiramente ao que é preciso fazer. Caso alguma tarefa tenha urgência, utilize os intervalos de almoço, o tempo gasto no transporte público (caso essa seja sua forma de deslocamento) e os finais de semana. A capacidade de produzir adequadamente evita o acúmulo de atividades, otimiza o seu tempo e é vista com bons olhos pela liderança — confiança que pode ser aproveitada posteriormente caso você precise de um tempo de folga para se dedicar mais aos estudos.

Não deixe tudo para a última hora

Uma consequência da falta de organização diária é o acúmulo de tarefas e, com isso, muitas vezes as mais importantes acabam sendo deixadas para a véspera do prazo de entrega. Se planejar com antecedência permite evitar esse tipo de situação, criando o equilíbrio necessário para a vida profissional e pessoal, e ajudando a aumentar a proatividade em todas as áreas.

Se a cada dia você conseguir finalizar aquele exercício ou trabalho que poderia “ser deixado para amanhã”, no dia seguinte vai ter tempo livre para se dedicar a atividades extras ou ter um tempo de lazer. É muito comum durante a graduação que atividades sejam aliadas a seminários e provas, o que pode criar uma “bola de neve” difícil de controlar sem organização.

Consigo aliar estudo, trabalho e qualidade de vida?

Você já se fez essa pergunta alguma vez? Se sim, saiba que, mesmo vivendo uma rotina cansativa, é totalmente possível aliar estudo, trabalho e qualidade de vida. A vida de um profissional que estuda não é fácil. Em vários momentos será preciso estabelecer prioridades e abrir mão daquela cervejinha com os amigos nos finais de semana. No entanto, com disciplina e força de vontade é possível ter uma vida produtiva, se livrar do cansaço e do estresse causado pela sobrecarga de tarefas.

Se nos momentos de folga você acredita que precisa estudar mais ou se sente culpado por tirar uma hora do seu dia para se exercitar ou apenas assistir uma TV, talvez esteja passando por uma pressão psicológica nada benéfica para a sua saúde. Ainda não sabe como conciliar estudo, trabalho e qualidade de vida? Fique de olho nas nossas 5 dicas:

Tire um dia de folga

No seu planejamento semanal, reserve um dia de folga para ficar longe das atividades profissionais e do estudo. Se a sua semana for extremamente comprometida, substitua esse dia por um período, como a manhã ou noite de sábado, por exemplo. Reserve esse tempo para sair, encontrar os amigos, se reunir com a família ou realizar qualquer atividade que distraia a sua mente. Essa pausa é muito importante para que o cérebro e o corpo possam descansar e se preparar novamente para mais uma carga de estudos.

Pratique atividades físicas

Os benefícios das atividades físicas vão muito além de um corpo bonito. Quarenta minutos de prática, durante 3 vezes por semana, pode aumentar a capacidade do cérebro em 15%, influenciando diretamente na memória e na concentração. Movimentar o corpo é também estimula a produção de endorfina, diminui o estresse, aumenta a disposição e qualidade do sono.

Se na sua rotina não há espaço para ir à academia ou praticar um esporte, reserve pelo menos o fim de semana para uma corrida ou utilize a criatividade no seu dia a dia, como trocar o elevador pela escada ou substituir o carro por uma caminha em trajetos mais curtos.

Aproveite os intervalos de almoço

No seu trabalho, durante os intervalos, aproveite para se alimentar bem e beber água. Muitas pessoas acabam esquecendo desses detalhes importantes durante a sua rotina profissional. A falta de hidratação e a má alimentação interferem diretamente no rendimento do cérebro e funcionamento do corpo. Nesses intervalos, aproveite também para se “desligar” do trabalho, lendo um livro ou conversando em redes sociais ou com colegas.

Não durma menos de 8h por dia

Alguns estudantes, principalmente em períodos de prova, costumam perder noites estudando. Isso pode comprometer todo o desempenho acadêmico, já que o sono é essencial para a memorização — sua principal aliada para se sair bem em avaliações e provas. O cansaço pode ainda comprometer a sua capacidade de raciocínio e causar uma irritação desnecessária no seu ambiente de trabalho.

Respeite os seus limites

É importante ter metas de estudo e trabalho preestabelecidas, e definir horários para as atividades acadêmicas ou profissionais. No entanto, é impossível prever em quais dias estaremos mais dispostos ou extremamente cansados. Tente criar uma rotina flexível, que respeite os limites do seu corpo e da sua mente, pois nem sempre ela estará pronta para responder aos seus comandos naquele exato momento.

Por exemplo, em um momento de estresse, pare as suas atividades para meditar, assistir a um filme ou comer algo diferente, mesmo que aquele seja o horário estabelecido anteriormente para a realização dessa demanda. Uma mente cansada não apresenta um bom rendimento. Por isso, descanse e deixe o que tiver de ser feito para depois. Só assim será possível aliar trabalho e qualidade de vida.

Não carregue todo o peso sozinho

Se o seu trabalho estiver comprometendo a sua saúde, o seu rendimento, ou relacionamentos com a família e amigos, não tenha vergonha de pedir uma folga — que pode ser compensada depois. Tente também dividir a carga de trabalho com outros profissionais da sua empresa ou colegas de faculdade. Mesmo que você acredite que pode dar conta de tudo sozinho, é importante respeitar suas limitações, ou poderá perder prazos, fazer um trabalho mal feito e pior: comprometer toda a sua vida pessoal.

Existem aplicativos para otimizar os estudos e o tempo?

Se não for bem utilizada, a tecnologia pode ser uma inimiga do aprendizado e da organização. Vamos imaginar a seguinte situação: você está no final de um semestre decisivo e repleto de tarefas atrasadas, trabalha durante quase todo o dia e só tem algumas horas livres, à noite, depois da faculdade. Imagine-se usando esse tempo livre para atualizar todas as redes sociais ou assistir os novos episódios da sua série favorita. Será impossível dar conta do recado desse jeito, não é mesmo?

Por outro lado, quando aliada a um bom planejamento e disciplina, ela pode ajudar bastante! Em vez de usar essa tecnologia com atividades que te distraiam do que é realmente necessário e atrapalhem sua produtividade, é possível otimizar os seus estudos com a ajuda de alguns aplicativos. Confira a nossa lista:

InClass

Focado no planejamento da vida acadêmica, o aplicativo permite que os estudantes organizem a sua rotina por meio de listas de tarefas, visualizador de horários e alarmes, para que nada seja esquecido ou deixado para cima da hora.

O inClass é um importante aliado também em períodos de provas, pois permite a anotação de conteúdos, integrando fotos, áudios e até vídeos sobre determinado assunto. Ele também cria uma lista personalizada de contatos de professores, sendo possível enviar um e-mail diretamente para eles caso reste alguma dúvida sobre os conteúdos aprendidos em sala de aula.

RescueTime

Esse aplicativo é essencial para quem anda perdendo tempo navegando em redes sociais e sites. Ele envia um relatório semanal sobre quantas horas você gasta online, além de auxiliar a estabelecer metas e criar uma forma de se conectar de maneira produtiva.

Timeful

Outro excelente aplicativo para quem precisa otimizar os estudos é o Timeful. Ele traça um perfil dos seus usuários, estabelecendo os períodos em que eles costumam ser mais produtivos durante o dia, e atribui as atividades mais importantes para esses horários. O diferencial do aplicativo é dividir, e contabilizar, o tempo de estudo de cada disciplina ou conteúdo, incluindo também as pausas para descanso.

Trello

O Trello é voltado para a organização de tarefas por importância ou por status de realização. Por meio de quadros, as atividades podem ser divididas em “para fazer”, “em andamento” ou “feitas”. Há espaço ainda para as demandas profissionais ou extracurriculares. O Trello também permite que essas atividades sejam compartilhadas com outros usuários, o que o torna uma excelente opção para trabalhos em grupo.

Aldiko

O Aldiko promete facilitar a rotina de quem trabalha e estuda ao mesmo tempo armazenando livros e artigos em formatos PDF ou ePub, o que evita que você carregue muitos materiais didáticos. O aplicativo permite ainda customizar tamanho da fonte e cor do texto, além de ter um marcador de páginas para as passagens importantes. Outra vantagem é um dicionário exclusivo em caso de dúvidas sobre o conteúdo.

Audible.com

Para quem vive correndo da faculdade para o trabalho, e vive perdendo um tempo precioso no trânsito e em engarrafamentos, o Audible é um importante aliado. Com ele, você pode armazenar livros e artigos em áudio, permitindo que você estude o conteúdo de maneira prática enquanto realiza outras tarefas.

Dropbox

O Dropbox tem um site e um aplicativo seguros, que permitem o armazenamento de arquivos, vídeos e fotos que podem ser acessados online. É excelente para estudantes que não têm espaço no computador ou precisam guardar arquivos para apresentar em seminários ou trabalhos em sala de aula. Com ele você não correrá mais os riscos de ter um pen drive roubado no dia daquela apresentação, ou de perder todos os documentos do seu TCC que estavam salvos no seu computador.

Gabaritar

O Gabaritar é um aplicativo gratuito que estabelece períodos de estudos para uma determinada disciplina, com um plano de horas que será dedicado para cada assunto. O aluno pode programar os temas de maior dificuldade e os que necessitam de maior tempo de estudo. Outra vantagem é que ao fim do dia, ou da semana, um gráfico do seu desempenho é gerado, como incentivo para a organização da rotina. O aplicativo ainda traz informações sobre concursos e editais abertos, além de notícias sobre a área de educação.

Nem todos os estudantes têm a opção de se dedicar exclusivamente à vida acadêmica, sem recorrer a um emprego ou estágio para pagar mensalidades ou despesas pessoais. Para quem precisa trabalhar e estudar ao mesmo tempo, a rotina traz uma série de desafios e um cansaço físico que pode acabar comprometendo até mesmo a qualidade de vida.

Mesmo diante dos percalços, com organização e força de vontade é possível conciliar a dupla jornada e traçar um caminho de sucesso para o futuro. Lembre-se: são 4 anos que serão recompensados posteriormente e que te trarão muito crescimento pessoal e vontade de vencer!

E então, mais preparado para conciliar uma rotina acadêmica e profissional? Já enfrenta os desafios de ter uma dupla jornada? Compartilhe sua experiência com a gente nos comentários!

 


Inscreva-se