O que se aprende em um curso de Administração? O que se aprende em um curso de Administração?

O que se aprende em um curso de Administração?

Quais são seus planos profissionais? Você quer trabalhar em uma empresa multinacional? Gostaria de se dedicar a uma organização sem fins lucrativos? Ou prefere abrir seu próprio negócio, fazendo as coisas exatamente do seu jeito? O curso de Administração é uma porta de entrada para todas essas e muitas outras possibilidades.

As aulas oferecem conhecimento para todos os gostos. Disciplinas das áreas de Humanas e Exatas compõem a grade curricular da graduação, que dura de 4 a 5 anos. O profissional sai da faculdade com conhecimentos para tomar decisões importantes dentro de uma organização, seja ela do setor industrial, de vendas ou de serviços.

Neste artigo, você vai descobrir os mundos possíveis da administração. Vamos lá?

Grade curricular

Os cursos normalmente contemplam 5 macroáreas da administração. Cada uma delas tem suas especificidades e acolhe profissionais com perfis próprios. Veja o que rola em sala de aula:

Gestão da operação

O aluno estuda quais e como são instaurados os processos de produção de determinado produto. Aqui, ele aprende a definir as melhores alternativas para os sistemas produtivos, adaptando-os para cada situação.

As disciplinas dessa área também ensinam sobre o uso de recursos materiais, isso é, como aplicá-los de forma eficiente e sem desperdício. Negociações com fornecedores e melhorias na cadeia industrial também fazem parte do pacote. É bom lembrar que empresas estão sempre buscando reduzir seus custos, e o profissional que consegue transformar esse objetivo em realidade é muito valorizado.

O administrador precisa saber ainda como funcionam todas as etapas e a logística de uma organização. Ter uma visão geral do negócio permite planejar as ações e tomar decisões mais assertivas. Por isso, os alunos de Administração são preparados para ocupar cargos no topo da hierarquia da organização.

Recursos humanos

Qualquer empresa ou organização é feita, primeiramente, de pessoas. Por isso, saber formar uma equipe competente é tão necessário quanto saber gerenciar matéria-prima e estruturas físicas. Os funcionários são o investimento mais importante que uma organização pode fazer, e um administrador tem as habilidades para assumir essa missão.

No curso de Administração, os alunos aprendem, então, a recrutar, selecionar e treinar as equipes. Como o pessoal dos recursos humanos também é responsável pela motivação dos funcionários, a grade de disciplinas aborda planos de carreira, pesquisa salarial, gestão de talentos, avaliação de cargos, entre outros temas sobre o comportamento humano nas organizações.

Marketing

O marketing trabalha com o público final da empresa, ou seja, quem vai adquirir o produto ou serviço oferecido. Em interface com a área de comunicação, os estudos de marketing discutem o mercado.

Os alunos são convidados a pensar em estratégias para aumentar as vendas e tornar a organização mais competitiva. Técnicas de pesquisa de mercado, valor de marca e análise de cenário são temas de debate em sala de aula.

Finanças

Se existe uma coisa que todo administrador aprende na faculdade é a lidar com dinheiro. Fazer investimentos, aplicações e gerenciar as finanças da organização está na rotina de muitos administradores. Por isso, o curso ensina sobre contabilidade, juros, tributações, processos de capitalização, enfim, discute o valor que o dinheiro assume em diferentes cenários.

Empreendedorismo

Empreender significa tentar, realizar, tirar uma ideia do papel. Como cada empreendedor tem gostos e desejos diferentes para o negócio, o curso de Administração contempla o empreendedorismo em suas diversas formas. Os alunos são orientados sobre as perspectivas financeiras, mercadológicas, corporativas e sociais para desenvolver um projeto.

A palavra que resume os empreendimentos bem-sucedidos é inovação. Seja com tecnologia ou apenas com uma proposta diferenciada, um negócio precisa apresentar novidades para se destacar no mercado. Dessa forma, as aulas analisam não só a sustentabilidade do projeto, mas também seu aspecto de inovação.

Interface com outras áreas

Você deve ter percebido que as disciplinas são bem abrangentes. A mistura de Humanas e Exatas faz com que o curso de Administração dialogue com outras áreas do conhecimento. A sociologia, por exemplo, é importantíssima para o entendimento dos modelos de administração. Lembra do Charles Chaplin no filme Tempos Modernos? A esteira em que o personagem trabalha faz parte da história dos modelos de produção industrial, que são estudados em sala de aula.

Noções de economia também estão presentes. Para gerir um negócio, é preciso saber qual é e como funciona o modelo econômico adotado no país. Conseguir analisar o cenário e antecipar problemas macroeconômicos é uma vantagem competitiva enorme para qualquer empresa.

O direito, por sua vez, contribui para que o estudante compreenda como a legislação interfere nos negócios. Leis trabalhistas, tributárias e administrativas são assuntos constantes nas organizações. Assim, direitos e deveres de instituições públicas e privadas são levados para a grade curricular. Afinal de contas, é preciso conhecer as leis para andar na linha!

A matemática na administração

Tem gente que titubeia só de ouvir falar em matemática. Não tem jeito: mesmo depois da escola, os alunos de Administração vão continuar enfrentando provas de matemática. Os números aparecem no curso em forma de estatística, funções e cálculo financeiro.

Quem deseja uma formação tão completa como a que o curso de Administração proporciona tem que encarar as contas. É apenas mais um dos desafios — que depois se transformam em benefícios profissionais — que a faculdade oferece. E para você? Vale a pena mudar sua escolha porque você não tem afinidade com os números?

A lista de carreiras que essa graduação oferece é enorme. É possível trabalhar em qualquer setor de negócio: produção tecnológica, moda, culinária, turismo, entre tantas outras opções. Organizações públicas e o terceiro setor também estão incluídos. ONGs, cooperativas, associações e projetos de economia solidária também precisam de administradores.

O curso de Administração é tão abrangente que os conhecimentos adquiridos podem ser aproveitados para além da carreira profissional. Gerenciar finanças, escolher as melhores aplicações e investimentos, ter jogo de cintura para negociar e saber cortar custos são habilidades de ouro que podem resolver muitos problemas da vida pessoal. Por mais que o aprendizado esteja voltado para as organizações, convenhamos que saber gerenciar dinheiro é uma habilidade que sempre cai bem!

Gostou do texto? Assine nossa newsletter e receba mais dicas sobre cursos e profissões!