Nutrição: 6 razões para apostar no curso Nutrição: 6 razões para apostar no curso

Nutrição: 6 razões para apostar no curso

Quando chega a hora de escolher um curso de graduação, é preciso levar em consideração não apenas as suas próprias preferências, mas também a situação atual do curso, entendendo o papel dele na época e no lugar em que você vive. Isso não só proporcionará uma escolha mais realista, como também é o primeiro passo para fazer com que você seja um profissional melhor.

O curso de Nutrição é um dos que, atualmente, merecem destaque por todo o seu potencial de crescimento e áreas de atuação.

Portanto, se você gostaria de ajudar as pessoas na busca por uma alimentação mais saudável, é hora de conferir tudo o que essa graduação tem a oferecer!

A carreira está em alta na mídia

Você lê ou assiste a algum jornal? Se sim, sabe que o nutricionista é um dos profissionais mais procurados nas reportagens, especialmente naquelas que tentam oferecer mais informações sobre determinados alimentos ou dietas. E esse tipo de reportagem não para de se multiplicar!

Bastam alguns minutos em uma rede social para se deparar com links que espalham mitos e verdades sobre proteínas, sal rosa do Himalaia, dieta paleolítica… Caberá a você, como profissional, saciar essa demanda crescente da população por fatos sobre nutrição, além de desmentir as informações erradas que são compartilhadas e que também só aumentam.

A procura é cada vez maior

A obesidade é um grande mal do nosso tempo. E ela não está sozinha: algumas de suas causas, como o incentivo exagerado ao consumo de produtos e ideias e a ansiedade causada pela correria do dia a dia, geram também outros distúrbios perigosos, como a anorexia e a bulimia. Em todos esses casos, o profissional de nutrição tem uma função importante, reestruturando a relação dessas pessoas com a comida.

Mas, atenção! Nutricionista não serve só para ser procurado em casos graves. A grande maioria da população tem algo a ser melhorado em sua alimentação, e a ajuda de um profissional nesses momentos é, muitas vezes, indispensável. Por isso, não pense que você vai apenas trabalhar para que pessoas consigam emagrecer ou engordar: a reeducação alimentar vai muito além disso.

O estilo de vida das pessoas está mudando

De um lado, a academia e as lojas de suplementos nunca foram espaços tão populares. De outro, as feiras orgânicas crescem cada vez mais, bem como o número de vegetarianos e veganos. Em ambos os casos, isso significa um maior número de pessoas que eventualmente buscarão um nutricionista para terem certeza de que sua alimentação está oferecendo os nutrientes necessários.

A conscientização da população sobre a necessidade de buscar um nutricionista traz um momento único na carreira no Brasil, e que está recheado de oportunidades: se você escolher se especializar em dietas sem produtos de origem animal, por exemplo, não faltará procura.

Além disso, a nutrição esportiva é uma área que não para de crescer por aqui: ela se desenvolve mais no Brasil do que nos Estados Unidos! Se você se interessa por dietas especiais para pessoas que consomem muita energia e quer entender melhor o papel de cada suplemento alimentar no corpo humano, essa área é uma ótima escolha!

É possível trabalhar sozinho

O nutricionista que abre seu próprio consultório e realiza atendimentos individuais é a imagem clássica que a maioria das pessoas tem da profissão. Ainda assim, essa não deixa de ser uma vantagem a ser apresentada; afinal, não é qualquer profissão que permite que você escolha com quem vai trabalhar, quanto receberá por hora e até mesmo que faça os próprios horários.

Abrir um consultório, especialmente em cidades menores ou bairros mais afastados, continua sendo uma boa opção para quem acaba de sair do curso de Nutrição.

É possível trabalhar em empresas

Por outro lado, abrir um consultório não é único caminho a ser seguido. Restaurantes, padarias e lanchonetes precisam de nutricionistas que assegurem que os alimentos produzidos não coloquem em risco a saúde quem irá consumi-los. Empresas da indústria alimentícia estão cada vez mais preocupadas com a lista de ingredientes e o valor nutricional de seus produtos, já que, cada vez mais, as pessoas se interessam em decifrar os rótulos das embalagens — e podem deixar de fazer uma compra por causa disso.

ONGs que têm programas de combate à fome também procuram por nutricionistas que saibam criar planos alimentares saudáveis e acessíveis a toda população. Além disso, empresas que contam com restaurantes internos buscam nutricionistas para assegurar a qualidade de vida de seus funcionários.

Outra opção é trabalhar criando um cardápio saudável para a cantina de escolas, melhorando a saúde de crianças que muitas vezes não têm acesso a uma boa alimentação em casa e começando sua educação alimentar desde cedo.

Não faltam boas faculdades

Felizmente, o curso de Nutrição é bastante popular e está presente em inúmeras universidades públicas e particulares. Isso faz também com que ele seja um curso acessível, afinal, não importa onde você mora, ele provavelmente está sendo ofertado em uma faculdade próxima.

Mas isso não basta. É importante buscar um curso de qualidade, que tenha uma boa nota no Enade, ofereça estrutura, como laboratórios, para aulas práticas e pesquisa e abra as portas do mercado de trabalho por meio do estágio — que, no caso do curso de Nutrição, é obrigatório. As melhores faculdades ainda oferecem projetos de extensão, que unem ensino e pesquisa em uma iniciativa que beneficie a comunidade.

Por isso, pesquise bem na hora de escolher a sua faculdade! Não se esqueça de quanto ela será determinante na sua formação.

O curso de Nutrição está repleto de oportunidades: basta disposição e muita dedicação nos estudos! Se, depois de ler esse texto, você acha que esse curso de graduação é a escolha certa para seu futuro profissional, continue pesquisando sobre a grade do curso, o papel do nutricionista e o mercado de trabalho. Converse também com quem já está atuando na área e tirar suas dúvidas. Assim, você poderá entrar no curso de Nutrição muito mais confiante!

Você sabe de mais alguma razão para fazer Nutrição? A página do curso na USJT também mostra algumas vantagens de apostar nessa formação. Boa sorte na sua escolha!


Inscreva-se