Mudar de cidade para fazer faculdade: vale mesmo a pena? Mudar de cidade para fazer faculdade: vale mesmo a pena?

Mudar de cidade para fazer faculdade: vale mesmo a pena?

Sair do ensino médio e fazer faculdade é o primeiro e mais importante passo para a vida adulta. É esse o momento em que você vai fazer escolhas importantes e partir para a conquista da sua independência, principalmente se sua opção for por fazer uma graduação em outra cidade.

Com as facilidades trazidas pelo Sisu e o sistema de aproveitamento de pontos, é possível prestar exames para qualquer faculdade do país na sua própria cidade. Com isso, aumenta-se o leque de opções e as chances de estudar em outro lugar.

As vantagens de fazer faculdade fora da sua cidade são muitas e estão relacionadas principalmente ao crescimento pessoal, novas experiências e ampliação de possibilidades na sua carreira. Confira no nosso post por que vale a pena mudar de cidade para fazer faculdade:

É uma grande oportunidade de desenvolvimento pessoal

Tão importante quanto o aprendizado que você vai adquirir na vida acadêmica, o crescimento pessoal proporcionado pela experiência de viver em outra cidade é algo único.

Será preciso encarar novas situações, superar as dificuldades, planejar e organizar sua vida, aprender a ter autonomia e entender de fato o que é liberdade. Lidar com a solidão e a saudade da família e dos amigos vai ser algo inevitável, e você vai precisar aprender a administrar esses sentimentos.

Também é muito comum que os estudantes optem por viver em repúblicas como forma de amenizar custos com moradia. Isso faz com que seja preciso aprender a compartilhar espaços, cumprir regras e respeitar o espaço do outro.

Você ganha maturidade

Fazer faculdade em outra cidade significa romper de vez o cordão umbilical e ganhar maturidade. As escolhas e prioridades serão uma decisão só sua, bem como as responsabilidades delas.

Morando longe dos pais você vai ver que algumas “mágicas” — como a meia suja no cesto que milagrosamente aparece limpa na gaveta e a geladeira que enche “sozinha” — dão algum trabalho; porém, por mais que sejam tarefas não muito agradáveis, é o preço da independência. E pode estar certo de que a independência é algo que, uma vez alcançada, se torna indispensável.

É possível minimizar os custos

É claro que se mudar para outra cidade vai implicar em gastos com mudança, moradia, e transporte, além das despesas com a própria faculdade, como livros, xerox e materiais. Mas não se assuste, é possível sim minimizar os custos. Veja algumas possibilidades:

Morar perto da faculdade

A alternativa mais procurada pelos estudantes é procurar moradia em local próximo à universidade como forma de diminuir os custos com transporte. É muito comum que os estudantes vivam em repúblicas, para dividir gastos com aluguel, água, luz e condomínio. Ainda há a possibilidade de se viver em uma moradia estudantil, oferecida por algumas universidades públicas.

Em ambos os casos as vantagens vão além das financeiras: você vai conhecer um monte de gente que está no mesmo barco, ou seja, acabou de se mudar e começar a vida acadêmica. Dividir as experiências vai trazer mais conforto e segurança!

Usufruir do que a universidade oferece

Precisou de um texto que o professor pediu? Corra na biblioteca para economizar com o xerox. Precisa de um estágio para ajudar nas despesas e ganhar experiência? Quase todas as universidades têm programas de estágio e podem te ajudar a encontrar um.

Bolsas de pesquisa também ajudam com um dinheiro extra e proporcionam uma experiência que pode ter continuidade para um TCC, por exemplo. E boa parte das universidades tem parcerias que podem render bons descontos em serviços como consultas médicas e odontológicas.

Bolsas e programas de financiamento estudantil

O Fies é um fundo de financiamento do Ministério da Educação para financiar os estudantes de graduação em faculdades particulares. Já o ProUni é um programa também do governo federal, que, mediante inscrições, proporciona bolsas integrais ou parciais em universidades particulares. Muitas vezes as próprias universidades também oferecem bolsas ou condições especiais de pagamento, em formatos parecidos com o do próprio Fies.

Você não tem tempo a perder

Durante muito tempo era comum que, em vestibulares disputados como Medicina, por exemplo, os alunos ficassem 3, 4, 5 anos tentando até conseguirem passar. Mas depois do Sisu, os vestibulandos podem tentar entrar em qualquer faculdade do país de acordo com as suas notas.

Essa é uma grande vantagem para quem não quer perder tempo. Afinal, você tem a possibilidade de entrar muito mais rápido na universidade, pois não precisa ficar restrito aos exames perto de você.

Fazer faculdade fora é uma oportunidade de conhecer novas culturas

Sempre que você pensava em ter uma experiência com uma nova cultura, um intercâmbio era o que vinha à cabeça, certo? Pois bem, vivemos em um país do tamanho de um continente, com uma diversidade cultural única. Além disso, a diversidade também está nos nossos povos, jeitos de viver, nas paisagens, culinária, música, clima.

Então, ao pensar em estudar em outra cidade, coloque também entre os prós o fato de ter uma vivência que vai proporcionar um grande enriquecimento cultural e a oportunidade de conhecer melhor a identidade brasileira.

Você pode associar a escolha da universidade ao mercado de trabalho da região

Ao escolher em qual cidade você vai estudar, ainda há a chance de optar por uma em que a sua área apresente boa oferta de trabalho. Além da universidade, pesquise curso, grade curricular, corpo docente e como anda o mercado da área que você pretende atuar. Pense também no seu plano de carreira para decidir qual será o lugar e a faculdade que podem oferecer o que você precisa.

Assim vai conseguir aumentar as suas chances de conseguir um estágio e, melhor ainda, um emprego, ou ter mais possibilidades de empreender com sucesso.

Sua escolha vai ser bem vista por quem quer te contratar

Ninguém pode duvidar que o estudante que decide sair de casa para fazer faculdade fora da sua cidade é alguém que não tem medo de encarar desafios. Quem decide estudar em uma universidade em outro lugar acaba por desenvolver características que os contratantes têm em alta conta.

A autonomia, segurança, proatividade, capacidade de organização, gerenciamento de tempo e a responsabilidade que se adquirem ao administrar a própria vida certamente são vistos com bons olhos pelos entrevistadores.

Viu como fazer faculdade em outra cidade pode trazer grandes benefícios para sua vida e carreira? Para acertar ainda mais na sua decisão e garantir seu sucesso, baixe nosso Guia completo para acertar na escolha da profissão!


Inscreva-se