Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Autor: Walkyria Villegas Magalhães
Título(s): Efeito do exercício aeróbio no tecido adiposo de camundongos fêmeas LDL knockout ovariectomizadas. Análises bioquímica, histomorfométrica e imuno-histoquímica
Resumo: [pt] Estudos apontam que mulheres na menopausa apresentam maior deposição de gordura corporal, alterações no perfil lipídico, redução da capacidade oxidativa e aumento de apoptose e concentrações de marcadores inflamatórios, além de risco de doenças cardiovasculares. Considerando que intervenções não farmacológicas como a atividade física podem atenuar esse quadro, o objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos do exercício aeróbio moderado no tecido adiposo visceral (TAV) de camundongos fêmeas LDL Knockout ovariectomizadas. Para tanto, 48 animais foram divididos em 6 grupos (n=8): Controle sedentário (CS), Controle Ovariectomizado Sedentário (COS), Controle Ovariectomizado Treinado (COT), LDL Knockout Não-ovariectomizado Sedentário (LDL-S), LDL Knockout Ovariectomizado Sedentário (LDLOS) e LDL Knockout Ovariectomizado Treinado (LDL-OT). Os grupos treinados foram submetidos ao protocolo de exercício aeróbio moderado em esteira ergométrica com velocidade e carga progressiva (1 hora por dia / 5 dias por semana a 50-60% da velocidade máxima de esforço) durante 4 semanas. Após o término do protocolo, os animais foram eutanasiados e realizou-se a coleta de sangue e de amostras do tecido adiposo visceral para as análises bioquímicas, histológicas e imuno-histoquímicas. Os resultados foram tratados e comparados estatisticamente pela ANOVA fator único (com post-hoc Tukey) ou pelo teste de Kruskal-Wallis (com post hoc de Dunn Bonferroni). A influência da dislipidemia, ovariectomia e treinamento físico sobre as diferenças entre os grupos foi estabelecida por meio do teste Modelo Linear Generalizado (GLzM). A correlação entre as entre as densidades de volume de adipócitos, interstícios, vasos e macrófagos foi feita com base no teste de Spearman. O nível de significância adotado foi p<0,05. Os resultados obtidos mostraram que a ovariectomia está associada ao aumento de TAV, das concentrações de glicose, triglicerídeos e colesterol total no sangue, da densidade numérica de adipócitos, da densidade de volume de macrófagos e da imunoexpressão de ciclo-oxigenase-2 (COX-2), F4/80, capase-3, 8-oxo-2’-desoxiguanosina (8-OHdG) e metaloproteinases (MMP-2 e MMP-9) e que o treinamento é eficaz na diminuição destes parâmetros, principalmente entre os grupos dislipidêmicos. Além disso, a ovariectomia reduziu a área dos adipócitos, a densidade de volume de vasos e a imunoexpressão do Fator de Crescimento Endotelial Vascular (VEGF). O exercício, por sua vez, atenuou as alterações promovidas nestes três parâmetros. Também foi observada uma correlação negativa entre as densidades de volume e interstício, entre as densidades de volume de adipócitos e vasos e entre as densidades de volume de vasos e macrófagos. Dessa forma, nossos dados sugerem que o exercício aeróbio moderado possui um papel benéfico na diminuição de processos inflamatórios, oxidativos, apoptóticos e de degradação da matriz extracelular e na melhora da vascularização do TAV- parâmetros prejudicados pela dislipidemia e pelo hipoestrogenismo.
Resumo: [en] Studies indicate that women in menopause have greater deposition of body fat, changes in the lipid profile, reduced oxidative capacity and increased apoptosis and concentrations of inflammatory markers, in addition to the risk of cardiovascular diseases. Considering that non-pharmacological interventions such as physical activity can attenuate this situation, the objective of the present study was to evaluate the effects of moderate aerobic exercise on visceral adipose tissue (TAV) in female LDL Knockout ovariectomized mice. Thus, 48 animals were divided into 6 groups (n=8): Sedentary control (SC), Sedentary Ovariectomized Control (SOC), Trained Ovariectomized Control (TOC), Sedentary Non-ovariectomized LDL Knockout (LDL-S), Sedentary Ovariectomized LDL Knockout (LDL-SO) and Trained Ovariectomized LDL Knockout (LDLTO). The trained groups were submitted to the moderate aerobic exercise protocol on a treadmill with speed and progressive load (60 minutes/5 day a week at 50-60% of the maximum effort speed) for 4 weeks. After the end of the protocol, the animals were euthanized and blood and visceral adipose tissue samples were collected for biochemical, histological and immunohistochemical analyzes. The results were treated and compared statistically by ANOVA single factor (with posthoc Tukey) or by the Kruskal-Wallis test (with post hoc by Dunn Bonferroni). The influence of dyslipidemia, ovariectomy and physical training on the differences between the groups was established using the Generalized Linear Model (GLzM) test. The correlation between the volume densities of adipocytes, interstices, vessels and macrophages was made based on the Spearman test. The level of significance adopted was p<0.05. The results obtained showed that ovariectomy is associated with increased TAV, blood glucose, triglycerides and total cholesterol concentrations, numerical density of adipocytes, volume density of macrophages and immunoexpression of cyclooxygenase-2 (COX-2), F4/80, capase-3, 8-Oxo-2' -deoxyguanosine (8-OHdG) and metalloproteinases (MMP-2 and MMP-9) that training is effective in decreasing these parameters, especially among dyslipidemic groups. In addition, ovariectomy reduced the area of adipocytes, the density of vessel volume and the immunoexpression of Vascular Endothelial Growth Factor (VEGF). The exercise, however, mitigated the changes promoted in these three parameters. A negative correlation was also observed between the density of volume and interstitium, between the density of volume of adipocytes and vessels and between the density of volume of vessels and macrophages. Thus, our data suggest that moderate aerobic exercise has a beneficial role in decreasing inflammatory, oxidative, apoptotic and degradation of the extracellular matrix and in improving the vascularization of the TAV-parameters impaired by dyslipidemia and hypoestrogenism.
Titulação: Mestrado em Educação Física
Orientador (a): Laura Beatriz Mesiano Maifrino
Banca

-

Assuntos: Menopausa, Dislipidemia, Exercício físico
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica