Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Autor: Thaís Santiago Golla
Título(s): O urbano em espaços & debates
Resumo: [pt] Esta pesquisa explora as interpretações sobre o “urbano” presentes na revista Espaço & Debates entre 1981 e 2005, período de circulação do periódico. Procura-se identificar as diferentes formas que o tema é apresentado nos artigos da revista. Para isso, adota-se uma abordagem bibliométrica. O objetivo é investigar se há uma interpretação hegemônica sobre esse tema presente nesse periódico. A revista Espaço & Debates foi o principal veículo de difusão das ideias sobre planejamento urbano em São Paulo. Constituiu uma rede nacional e internacional de colaboradores e contribuiu para o debate sobre o tema nos vinte últimos anos do século XX. O período de circulação do periódico abrange a grande explosão demográfica das cidades brasileiras, acompanhada da crise econômica que ampliou as áreas de pobreza nas regiões metropolitanas do país. Esse também foi o período em que os movimentos sociais urbanos se mobilizaram para disputar a agenda da política urbana brasileira, presente na Constituinte de 1988, marco da institucionalização da democracia brasileira cuja transição havia iniciado em 1985.
Resumo: [en] This research explores the interpretations of the “urban” present in the magazine Espaço & Debates between 1981 and 2005, the period of circulation of the periodical. It seeks to identify the different ways that the theme is presented in the magazine's articles. For this, a bibliometric approach is adopted. The objective is to investigate whether there is a hegemonic interpretation of this theme in this journal. Espaço & Debates magazine was the main vehicle for disseminating ideas about urban planning in São Paulo. It constituted a national and international network of collaborators and contributed to the debate on the theme in the last twenty years of the 20th century. The period of circulation of the journal covers the great demographic explosion of the Brazilian cities accompanied by the economic crisis that expanded the areas of poverty in the metropolitan regions of the country. This was also the period when urban social movements mobilized to dispute the Brazilian urban policy agenda present in the Constituent Assembly of 1988, a milestone in the institutionalization of Brazilian democracy whose transition had begun in 1985
Titulação: Mestrado em Arquitetura e Urbanismo
Orientador (a): Ana Paula Koury
Banca

-

Assuntos: Espaço & Debates, Planejamento Urbano, Política Urbana
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica