Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Autor: Frederico Sanchez Cidral
Título(s): Motivação para o empreendedorismo em pessoas com mais de 50 anos: uma pesquisa quantitativa.
Resumo: [pt] O mundo vem passando por diversas transformações, e uma das principais é o aumento da expectativa de vida que cresce a cada ano, acompanhada da evolução tecnológica, com isso enxergamos uma mudança do perfil do idoso, eles estão muito mais aptos a empreender. Empreender é criar algo novo, transformar ideias em realidades, fazer acontecer, saber calcular riscos e aproveitar oportunidades. Em 2018, a população de empreendedores entre 55 e 64 anos representava em torno de 35,6% do total dessa faixa etária no Brasil. O objetivo do presente estudo foi identificar o motivo pelo qual pessoas com mais de 50 anos empreendem. Para isso foi realizada uma pesquisa de campo descritiva com abordagem quantitativa. Foram incluídos na pesquisa 34 pessoas de ambos os sexos. Foi realizada correlação de Spearman entre as variáveis. Foi considerado significativo p < 0,05. A média de idade foi de 62,7 anos. Entre o total de participantes, 50% eram do sexo feminino, 68% dos participantes tinham nível superior de escolaridade e quase 60% eram casados ou viviam com um (a) companheiro (a), 50% dos participantes tinham 2 filhos, 9% moram sozinhos, 45% ganhavam menos que 3 salários mínimos. Encontramos correlações positivas entre os motivos pelos quais os idosos empreendem como “fazer algo prazeroso”, “satisfação com a vida” e “realização profissional”. A Variável Renda fez correlação negativa com: “Falta de oportunidade de emprego, Mudança de estilo de vida, Realização profissional”. Em relação às mudanças mais marcantes após empreender, os resultados mais relevantes encontrados foram “Me realizei profissionalmente”, “Me Trouxe Felicidade” e “Criei novos aprendizados”. Os dados deste trabalho demonstram uma forte relação entre o empreendedorismo, participação social e situação financeira entre as pessoas com mais de 50 anos. Os principais motivos que levam os participantes da pesquisa a empreenderem estão relacionados ao convívio com as pessoas, em complementar a renda familiar, em continuar trabalhando, em fazer algo diferente e prazeroso, em fazer amigos. Além disso, estão relacionados também à mudança de estilo de vida, à necessidade financeira, à realização profissional e à satisfação com a vida. Essas relações tornam o empreendedorismo uma ferramenta importante que pode auxiliar para o aumento da qualidade de vida das pessoas. Além disso, o empreendedorismo pode trazer novas perspectivas para o futuro das pessoas, como aumento do seu convívio social e também da sua renda.
Resumo: [en] The world has been going through several transformations, and one of the main ones is the increase in life expectancy that grows every year, accompanied by technological evolution, with that we see a change in the profile of the elderly, they are much more apt to undertake. To undertake is to create something new, transform ideas into realities, make things happen, know how to calculate risks and take advantage of opportunities. In 2018, the population of entrepreneurs between 55 and 64 years old represented around 35.6% of the total of this age group in Brazil. The aim of the present study was to identify the reason why people over 50 years old undertake. For this, a descriptive field research was carried out with a quantitative approach. 34 people of both sexes were included in the research. Spearman correlation was performed between variables. P <0.05 was considered significant. The average age was 62.7 years. Among the total participants, 50% were female, 68% of the participants had a higher education level and almost 60% were married or lived with a partner, 50% of the participants had 2 children, 9% lives alone, 45% earned less than 3 minimum wages. We found positive correlations between the reasons why the elderly undertake with "doing something pleasurable", "satisfaction with life" and "professional achievement". The Income Variable was negatively correlated with: “Lack of job opportunities, Lifestyle changes, Professional achievement”. In relation to the most striking changes after undertaking, the most relevant results found were “I realized myself professionally”, “Brought Me Happiness” and “I created new learnings”. The data from this work demonstrate a strong relationship between entrepreneurship, social participation and financial situation among people over 50 years old. The main reasons that lead research participants to undertake are related to socializing with people, in complementing the family income, in continuing to work, in doing something different and pleasant, in making friends. In addition, they are also related to lifestyle changes, financial need, professional fulfillment and life satisfaction. These relationships make entrepreneurship an important tool that can help to increase people's quality of life. In addition, entrepreneurship can bring new perspectives for people's future, such as increasing their social life and also their income.
Titulação: Mestrado em Ciências do Envelhecimento
Orientador (a): Adriana Machado Saldiba de Lima
Banca

-

Assuntos: Envelhecimento, Empreendedorismo, Participação Social
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica