Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Autor: Robson Geraldo dos Reis
Título(s): EDUCAÇÃO FÍSICA NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL A LUZ DE JOHN DEWEY: APRENDIZAGENS DE UM PROFESSOR EM AUTOESTUDO
Resumo: [pt] A Educação Física Escolar brasileira ao longo de sua história apresentou diferentes concepções teórico-metodológicas. Hoje deve estar comprometida com a formação para a cidadania democrática e inclusiva, tratando de forma crítica as práticas e discursos sobre a cultura corporal. No entanto, a adequada e intencional transposição didática de princípios e concepções teóricas para a prática pedagógica e seu constante acompanhamento e avaliação ainda são desafios para muitos professores de Educação Física iniciantes, tal constatação levou a área a pesquisar os processos de autoria, construção de conhecimentos e transposição didática do professor. Partilhando desse interesse, o objetivo desse trabalho foi analisar as aprendizagens de um professor de Educação Física que se propôs a estudar e desenvolver sua prática pedagógica a partir de leituras da filosofia educacional de John Dewey com uma turma de crianças do terceiro ano do Ensino Fundamental em uma escola particular da cidade de São Paulo. Trata-se de pesquisa qualitativa, na modalidade de autoestudo, na qual o professor pesquisador investiga sua própria prática buscando evidências científicas para refletir sobre ela e aperfeiçoá-la. Os atores da pesquisa foram 14 alunos do terceiro ano do Ensino Fundamental. Foram desenvolvidos quatro momentos para a produção de conhecimento: 1. Narrativa autobiográfica; 2. Observação com registro em vídeo de 9 aulas com a temática futebol; 3. Gravações de áudios das rodas de conversa do professor com os alunos e alunas 4. Registro com fotos das atividades e aulas. Para a análise das filmagens usamos o método de autoscopia; a narrativa autobiográfica e a transcrição dos áudios foram tratadas por análise de conteúdo temático. Esta pesquisa revelou a importância do autoestudo como ferramenta pedagógica do professor para construção de conhecimento docente sobre a própria prática. Ao observar o contexto estudado com diferentes instrumentos de pesquisa e de forma reflexiva, este estudou evidenciou as dificuldades, mudanças, percepções e reflexões didático/pedagógicas de um professor de Educação Física. Assim como, paralelamente ao seu aprendizado, observou as aprendizagens e desenvolvimento dos alunos ao longo das práticas pedagógicas inspiradas a luz de John Dewey. Tal reflexão me fez observar a complexidade de proporcionar práticas que sejam contemporâneas e significativas para um grupo heterogêneo e com interesses distintos, a fim de promover um ambiente dialógico que perpassem os muros da escola e seja uma educação para vida. Por fim, sem esgotar as reflexões acerca desse estudo apontamos para o fomento de mais produções com o uso do autoestudo, sistematizando a prática pedagógica e evidenciando os saberes docentes
Resumo: [en] The Brazilian School Physical Education through its history showed different theoretical and methodological conceptions. Nowadays, it must be committed to the qualification for a democratic and inclusive citizenship, treating critically the practices and discourses about physical culture. However, the appropriate and intentional didactic transposition of principles and theoretical conceptions for the pedagogical practice and its constant monitoring and evaluation are still challenges for many beginners Physical Education teachers, and this ascertainment leaded the area to research the teacher’s processes of authorship, knowledge construction and didactic transposition. Sharing this interest, the objective of this study was to analyze the learning of a Physical Education teacher, who proposed himself to study and to develop his own pedagogical practice from readings of John Dewey’s educational philosophy, with a class of children in the third grade of a private Elementary School, in the city of São Paulo. This is a qualitative research, in the self-study method, in which the researcher teacher studies his own practice seeking scientific evidences in order to reflect on it and to improve it. The actors of the research were 14 (fourteen) students in the third grade of Elementary School. There were developed four moments for knowledge production: 1. Autobiographical narrative; 2. Observation with video record of 9 (nine) classes with the theme soccer 3. Audio records of the conversation wheel among the teacher and the students.4. Record with photos of the activities and classes. For the analysis of video records, we used the method of autoscopia; the autobiographical narrative and the audio transcriptions were treated by the analysis of thematic content. This research revealed the importance of self-study as a teacher’s pedagogical tool to the construction of teaching knowledge over his own practice. By observing the studied context with different mechanisms of research and with a reflective manner, this study evinced the didactic/pedagogical difficulties, changes, perceptions and reflections of a Physical Education teacher. As well, parallel to his own learning, he observed the students learning and development through the pedagogical practices inspired on John Dewey. This thought made me observe the complexity to provide contemporary and significant practices to a heterogeneous group with different interests, in order to promote a dialogic environment that transcends the school walls and provides an education for life. At last, without exhausting the reflections about this study, we indicate the promotion of more productions using self-study, systematizing the pedagogical practice and emphasizing teaching knowledge
Titulação: Mestrado em Educação Física
Orientador (a): Isabel Porto Filgueiras
Banca

-

Assuntos: Educação Física Escolar; Ensino Fundamental, John Dewey; AutoEstudo.
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica