Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Autor: Marcelo Alexandre Merce
Título(s): Processos de elaboração de documentos curriculares de Educação Física na Prefeitura de São Paulo: o ponto de vista dos autores
Resumo: [pt] Frente ao amplo debate sobre a qualidade da educação escolar, os governos, em âmbito federal, estadual e municipal lançam propostas curriculares com o objetivo de nortear e qualificar o trabalho educativo desenvolvido pelos professores na Escola. Em um cenário político de descontinuidade das políticas públicas, fruto das constantes mudanças de gestão, nota-se a valorização e uso político da elaboração de documentos oficiais de currículo. Referenciais teóricos sobre elaboração curricular, inovação pedagógica e formação docente advogam que há mais chances de efetividade nas inovações pedagógicas, quando os professores, em colaboração com pesquisadores e gestores educacionais, são envolvidos na elaboração dos currículos. Pesquisas demonstram relativa alteração nas práticas pedagógicas dos professores após a implementação das propostas curriculares, porém pouco se sabe sobre como esses atores são inseridos e o que pensam sobre o processo de elaboração curricular. Nesse contexto, o objetivo desta pesquisa foi compreender os processos de elaboração dos documentos curriculares de Educação Física da Prefeitura Municipal de São Paulo nos últimos dez anos, sob a ótica de seus elaboradores. Trata-se de um estudo de cunho qualitativo, cujo instrumento de coleta de informações foi a entrevista semi-estruturada. Os sujeitos foram 2 professores(as) integrantes do quadro do magistério da Secretaria Municipal de São Paulo, técnicos da SME, 2 assessores dos documentos curriculares e 2 técnicos da Secretaria Municipal de Educação, que participaram da elaboração das últimas três propostas curriculares da rede municipal. As informações foram analisadas de forma descritivo-interpretativa pelo conteúdo temático expresso nas entrevistas. A análise das informações indica que os autores reconhecem que no município de São Paulo se construiu cultura construída de participação democrática na elaboração dos documentos curriculares que considera os professores protagonistas e autores, numa perspectiva reflexiva, embora reconheçam dificuldades para que as ações participativas se concretizem efetivamente. Deste modo os documentos curriculares representam o que de fato ocorrem nas escolas garantindo uma característica distanciada da prescrição. Os resultados deste estudo trazem indícios sobre a necessidade de aperfeiçoamento do processo de elaboração das propostas, sugere novos encaminhamentos frente ao envolvimento e participação dos professores(as), formação continuada e fortalecimento dos processos de elaboração dos documentos curriculares
Resumo: [en] Taking the broad debate about the quality of education into account, governments in federal, state and municipal scope issue curriculum proposals aiming to qualify the educative practice developed by teachers at school. In a scenario of public policies discontinuity, consequence of the constant management changes, it is noticeable the acknowledgement and the political use of curriculum official documents development. Theoretical references about the official documents development, pedagogical innovations and the faculty defend that there are more chances of pedagogical innovation effectiveness when teachers, researchers and educative managers work collaboratively in order to create the school’s curriculum. Researches point out respective disturbance in teacher’s pedagogical practices after the employment of curriculum proposals, however little is known about how these agents are introduced and what they think of the curricular development process. In this context, the purpose of this research was to comprehend the development of physical education curriculum documents of São Paulo’s municipal city hall in the past ten years, under the view of its authors. It’s a qualitative study whose the information-gathering tool was the semi-structured interview. The subjects were two teachers members of the São Paulo’s municipal secretary, two curricular documents assessors and two educational municipal secretary technicians who took part in the development in the past three curricular proposals from the municipal educational system. The information was analyzed in a descriptive-interpretive method by the thematic content expressed in the interviews. The outcomes of the study bring evidence about the enhancement of the proposals elaboration process, it suggests new targets taking into account teachers involvement and participation, continued education and the curricular documents elaboration process fortification
Titulação: Mestrado em Educação Física
Orientador (a): Isabel Porto Filgueiras.
Banca

-

Assuntos: Currículo, Proposta Curricular; Documento Curricular; Educação Física Escolar
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica