Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Autor: Vera Lúcia Teixeira Silva
Título(s): Educação Física e violência: algumas reflexões no contexto da formação profissional
Resumo: [pt] A violência constitui um fenômeno extremamente complexo e se manifesta em vários âmbitos sociais. A necessidade de transformação e conscientização em relação à violência indica que a formação profissional seria um dos caminhos para se trilhar. Nesse cenário, o profissional de Educação Física tem um papel primordial. Porém, sem conhecimento teórico e crítico sobre o assunto, o profissional terá dificuldades na construção de uma prática reflexiva sustentada pelos direitos humanos, os valores, a ética, a cidadania, entre outros atributos que se opõem às situações de violências. O objetivo desse estudo foi compreender como os professores lidam com a temática da violência no contexto da formação inicial, em um curso de licenciatura em Educação Física. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, colaborativa de estudo de caso. O estudo foi acolhido pela Faculdade Piaget, situada no município de Suzano, grande São Paulo. Para atingir o objetivo utilizamos o levantamento de documentos do curso constituídos pelo Projeto Pedagógico do Curso – PPC – e planos de ensino, além de entrevistas semiestruturadas e grupo focal. Participaram do estudo 12 professores que compõem o quadro docente do curso de licenciatura em Educação Física. As informações foram coletadas e organizadas por meio do programa NVIVO. Para explorar as informações coletadas, utilizamos a análise de conteúdo descritiva. Foi possível verificar que o PPC apresenta uma vertente humanística, porém essa não está alinhada com os planos de ensino. Os professores colaboradores percebem a violência no relacionamento entre os estudantes e na relação de poder, relatam diversas formas de manifestações de violências. Além disso, relatam a necessidade de abordagens do fenômeno violência na formação inicial, indicam a diversificação de estratégias para lidarem com os episódios de violências em suas aulas e estratégias numa perspectiva formativa. Os professores reconhecem que é primordial o envolvimento de toda a comunidade acadêmica na propositura e no desenvolvimento das ações. Destacamos a possibilidades de lidar com a violência no contexto da formação de professores de Educação Física, mas ressaltamos que para coibir e/ou prevenir a violência é necessário o engajamento dos vários segmentos da sociedade
Resumo: [en] Violence is an extremely complex phenomenon and manifests itself in various social spheres. The need for transformation and awareness of violence indicates that professional training would be one of the paths to follow. In this scenario, the Physical Education professional has a primary role. However, without theoretical and critical knowledge on the subject, the professional will have difficulties in building a reflective practice supported by human rights, values, ethics, citizenship, among other attributes that are opposed to situations of violence. The aim of this study was to understand the theme of violence in initial training in a Physical Education degree course. It is a qualitative study of case study and collaborative research. The study was hosted by Faculdade Piaget, located in the city of Suzano, greater São Paulo. To achieve the purposes of the study, we used the survey of course documents constituted by the pedagogical project of the course and teaching plans, semi-structured interviews and focus group. Twelve teachers participated in the study that compose the teaching staff of the Physical Education degree course. The information was collected and organized using the NVIVO program. To explore the collected information, we used descriptive content analysis. It was possible to verify that the Pedagogical Course Project has a humanistic aspect, but this is not aligned with the teaching plans. Collaborating teachers perceive violence in the relationship between students and in the power relationship, they report different forms of manifestations of violence. In addition, they report the need for approaches to the phenomenon of violence in initial education, indicate the diversification of strategies to deal with episodes of violence in their classes and strategies in a formative perspective. Teachers recognize that the involvement of the entire academic community in the proposition and development of actions is paramount. We highlight the possibilities of dealing with violence in the context of the training of Physical Education teachers, but we emphasize that to curb and / or prevent violence it is necessary to engage the various segments of society
Titulação: Doutorado em Educação Física
Orientador (a): Graciele Massoli Rodrigues
Banca

-

Assuntos: Violência, Formação inicial, Educação, Educação Física
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica