Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Autor: Amanda da Costa Pereira Alves
Título(s): Entre arte e cidade: o corpo em interação com o meio urbano
Resumo: [pt] Esta pesquisa busca construir uma reflexão acerca da interação entre cidade, arte e indivíduo a partir de uma abordagem interdisciplinar que permite diluir os fundamentos de um campo específico do conhecimento e explorar um entrelaçamento de autores e conceitos, tendo como plano de fundo uma abordagem fenomenológica. O objetivo é trilhar um percurso de análise que apresenta a possibilidade das manifestações, atribuindo valor às experiências como um método possível na articulação entre memória e identidade, cidadania e representação simbólica, colocando o corpo como agente de potencial crítico que a partir de sua potência alcança a ruptura do automatismo e busca a formulação de um imaginário que reconhece seus instintos, desejos e valores. O percurso se desenvolve em três momentos, delimitando um caminho de análise que direciona o pensamento formulado no decorrer da pesquisa. Inicialmente a abordagem dos olhares vindos da arquitetura por Christian Norberg-Schulz (1976), da filosofia por Gaston Bachelard (1993) e Giorgio Agamben (2009) e da história por Michel de Certeau (2013), elucidando a interação do indivíduo com o lugar, e com seu próprio corpo, para legitimar sua identidade e reinventar seu cotidiano. Em um segundo momento o corpo ganha destaque, recorrendo aos filósofos Gilles Deleuze e Félix Guatarri (1996), à arquiteta Vera Pallamim (2011) e ao historiador Ulpiano Bezerra de Meneses (2006) para compreender a ideia de corpo como um sistema vivo e funcional que, pela prática experimental, extrapola as generalidades e alcança as particularidades que o definem e se expressam em seu imaginário. Por fim, o recorte no corpo feminino e suas interações físicas, sociais, históricas e artísticas, tendo como referência a reflexão da filósofa Djamila Ribeiro (2017), ao apontar a relevância em reconhecer os discursos plurais e permitir seus lugares de fala correspondentes. Esse pensamento se relaciona com a interpretação do posicionamento crítico das artistas Valie Export, Helena Almeida e Francesca Woodman, tidas aqui como referenciais para a proposta de um estudo empírico que compõe um enredo de rebeliões e reivindicação de direitos da mulher inserida em seu contexto social e urbano.
Resumo: [en] This research seeks to build a reflection on the interaction between city, art and the individual from an interdisciplinary approach that allows to dilute the foundations of a specific field of knowledge and explore an intertwining of authors and concepts, having a phenomenological approach as a background. The objective is to follow a path of analysis that presents the possibility of manifestations, assigning value to experiences as a possible method in the articulation between memory and identity, citizenship and symbolic representation, placing the body as an agent of critical potential that from its power reaches the rupture of automatism and seeks the formulation of an imaginary that recognizes its instincts, desires and values. The course develops in three moments, delimiting a path of analysis that directs the thought formulated during the research. Initially, Christian Norberg-Schulz's (1976) approach to architectural views, philosophy by Gaston Bachelard (1993) and Giorgio Agamben (2009) and history by Michel de Certeau (2013), elucidating the individual's interaction with the place , and with his own body, to legitimize his identity and reinvent his daily life. In a second moment, the body gains prominence, using the philosophers Gilles Deleuze and Félix Guatarri (1996), the architect Vera Pallamim (2011) and the historian Ulpiano Bezerra de Meneses (2006) to understand the idea of the body as a living and functional system which, through experimental practice, extrapolates the generalities and reaches the particularities that define and express themselves in his imagination. Finally, the cut in the female body and its physical, social, historical and artistic interactions, having as reference the reflection of the philosopher Djamila Ribeiro (2017), pointing out the relevance in recognizing plural speeches and allowing their corresponding places of speech. This thought is related to the interpretation of the critical positioning of the artists Valie Export, Helena Almeida and Francesca Woodman, considered here as references for the proposal of an empirical study that composes a plot of rebellions
Titulação: Mestrado em Arquitetura e Urbanismo
Orientador (a): Profa. Dra. Eneida de Almeida
Banca

-

Assuntos: Corpo e cidade. Memória e identidade. Arte e linguagem.
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica