Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Autor: Natalie Souza de Andrade
Título(s): Efeitos do treinamento resistido moderado na ultraestrutura dos cardiomiócitos do átrio direito de camundongos fêmeas de meia-idade ovariectomizadas
Resumo: [pt] Os cardiomiócitos dos átrios cardíacos produzem os hormônios ANP (Hormônio Natriurético Atrial) e BNP (Hormônio Natriurético Cerebral), envolvidos no controle da pressão arterial, diminuindo a pressão quando ela se eleva. Existem diversos fatores que influenciam a produção desses hormônios, dentre eles o hipoestrogenismo e a elevação da pressão arterial. Durante a realização do treinamento resistido ocorre elevação da pressão arterial e assim diminuem os níveis de ANP e BNP dos átrios devido sua liberação para a circulação sanguínea, a fim de auxiliar na regulação da pressão arterial. Embora o treinamento aeróbio seja capaz de aumentar a produção de ANP pelos átrios, em animais deprivados de hormônios estrogênicos, nada se sabe sobre os efeitos do treinamento resistido na produção de ANP e BNP em animais com hipoestrogenismo. O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos do treinamento resistido em parâmetros relacionados com a produção de peptídeos natriuréticos em cardiomiócitos de camundongos fêmeas de meia-idade (12 meses) com deficiência de estrogênios. Os animais foram distribuídos aleatoriamente em 4 diferentes grupos seguintes (n=8): Grupo SHAM - meia idade; Grupo SHAM+T- meia idade e treinamento resistido dos 9 aos 12 meses meia-idade, Grupo OVX - ovariectomizadas aos 6 meses e Grupo OVX+T - meia-idade ovariectomizadas aos 6 meses e com treinamento resistido, dos 9 aos 12 meses Todos os animais foram eutanasiados aos 12 meses de idade. Foi avaliada a influência do treinamento resistido, nos aspectos morfoquantitativos dos cardiomiócitos e suas organelas citoplasmáticas entre elas o núcleo, retículo endoplasmático, mitocôndrias, complexo de Golgi, e grânulos atriais ANP e BNP. Os dados obtidos foram comparados estatisticamente entre os grupos (p <0,05). Os resultados mostraram que: a falta de estrógenos levou a uma redução da função dos cardiomiócitos do átrio direito de camundongos, como consequência da hipotrofia de seus componentes nucleares e citoplasmáticos com repercussão na produção de ANP e BNP. Concluímos que o treinamento resistido, por sua vez mostrou-se eficaz na reparação da redução da produção dos peptídeos natriuréticos.
Resumo: [en] Cardiac atria cardiomyocytes produce the hormones ANP (Atrial Natriuretic Hormone) and BNP (Brain Natriuretic Hormone), which are involved in controlling blood pressure, lowering blood pressure when it rises. There are several factors that influence the production of these hormones, including hypoestrogenism and elevation of blood pressure. During resistance training there is an increase in blood pressure and thus decrease the levels of ANP and BNP of the atria due to their release to the blood circulation, in order to help regulate blood pressure. Although aerobic training can increase atrial ANP production in estrogendeprived animals, nothing is known about the effects of resistance training on ANP and BNP production in animals with hypoestrogenism. The aim of the present study was to evaluate the effects of resistance training on parameters related to the production of natriuretic peptides in cardiomyocytes of estrogendeficient middle-aged (12 months) female mice. The animals were randomly assigned to the following 4 different groups, with 8 animals in each group: SHAM group - middle age; SHAM + T group - middle age and resistance training from 9 to 12 months middle age, OVX group - ovariectomized at 6 months and OVX + T group - 6 months and resistance training from 9 to 12 months All the animals were euthanized at 12 months of age. The influence of resistance training on the morphochemical aspects of cardiomyocytes and their cytoplasmic organelles was evaluated, including the nucleus, endoplasmic reticulum, mitochondria, golgi complex, and ANP and BNP atrial granules. The data obtained were statistically compared between the groups (p&ly;0.05). The results showed that: lack of estrogens led to a reduction in mouse right atrium cardiomyocytes function, as a consequence of the hypotrophy of their nuclear and cytoplasmic components with repercussion in the production of ANP and BNP. We conclude that resistance training proved to be effective in repairing the reduction of production of natriuretic peptides.
Titulação: Doutorado em Educação Física
Orientador (a): Laura Beatriz Mesiano Maifrino
Banca

-

Assuntos: Átrios, ANP e BNP, Treinamento resistido, Ovariectomia, Morfometria
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica