Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Autor: Mayara Vieira Secafim
Título(s): Consumo habitual e distribuição energética de proteína, gordura total e saturada, e açúcar adicionado na dieta de idosos residentes no município de São Caetano do Sul
Resumo: [pt] Introdução: O consumo habitual e distribuição energética de proteínas, gorduras totais, gorduras saturadas e açúcar adicionado da dieta de idosos devem ser adequados para promoção e manutenção do estado nutricional, além disso, estão associados ao risco de desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT). Objetivo: Avaliar o consumo habitual e a distribuição energética de proteínas, gorduras totais e saturadas, e açúcares adicionados na dieta de idosos residentes no município de São Caetano do Sul. Casuística e Métodos: Estudo transversal em amostra não probabilística de 295 idosos, provenientes da pesquisa “Avaliação da qualidade da dieta dos idosos residentes no município de São Caetano do Sul”. O consumo e distribuição energética de macronutrientes foram obtidos pela avaliação da dieta habitual levantada por dois Recordatórios de 24 horas (R24h) e ajustado pelo programa Multiple Source Method (MSM). As proteínas foram avaliadas segundo os valores da Acceptable Macronutrients of Distribution Ranges (IOM, 2002); gorduras totais e saturadas foram avaliadas segundo os valores da Diretriz Brasileira de Dislipidemia e Prevenção de Aterosclerose (2017); e açúcar adicionado foi avaliado segundo o valor preconizado pelo Guideline: Sugars intake for adults and children (OMS, 2015). Os dados foram tratados estatisticamente no software SPSS® 21.0, considerando o nível de significância de 5%. Os testes t de student, ANOVA, Mann Whitney e Kruskal-Wallis foram utilizados para comparar as médias. O método de correlação linear de Pearson e a correlação de Spearman foram utilizados para avaliar a relação entre as variáveis e quando significativas, aplicou-se o método de regressão linear, e medidas de effect size foram utilizadas para representar a magnitude dos resultados obtidos. Resultados: Ao avaliar a distribuição do consumo percentual, observou-se que na maioria dos idosos a distribuição energética está dentro das recomendações preconizadas: proteínas (98,3%), gorduras totais (63,1%), gorduras saturadas (100%) e açúcar adicionado (62,7%). Ao avaliar o consumo e a distribuição energética de proteínas, gorduras totais e açúcar adicionado, observaram-se diferenças estatisticamente significantes (p = <0,050) em algumas variáveis sociodemográficas, econômicas, de estilo de vida e de saúde. Idosos com 80 anos ou mais e que relataram renda menor que um salário mínimo consumiram gorduras totais e açúcar adicionado dentro das recomendações, assim como idosos que relataram praticar atividade física e serem diabéticos também apresentaram o consumo de açúcar adicionado dentro das recomendações. Ao correlacionar o VET da dieta e o percentual de proteína, gordura e o açúcar adicionado, observou-se correlação linear negativa entre o consumo de proteína adequado e VET (p = 0,008), correlação linear positiva entre o consumo de proteínas adequado e gorduras saturadas (p = <0,001) e correlação linear positiva entre o consumo de açúcar adicionado e VET (p = 0,007). Conclusão: Os achados deste estudo implicam no desenvolvimento de políticas públicas de alimentação e nutrição que impactem na qualidade da dieta
Resumo: [en] Introduction: The habitual consumption and energy distribution of proteins, total fat, saturated fat and sugar added to the diet of the elderly must be sufficient to adequate and maintain the nutritional status, moreover, they are associated risk of developing chronic non-communicable diseases (CNCD). Objective: Evaluate the habitual consumption and the energy distribution of proteins, total and saturated fat, and sugar added to the diet of the elderly residing in the city of São Caetano do Sul. Casuistry and Methods: Cross-sectional study in a non-probabilistic sample of 295 elderly, from the research “Avaliação da qualidade da dieta dos idosos residentes no município de São Caetano do Sul”. The consumption and energy distribution de macronutrients were obtained by evaluating the usual diet taken by two Reminders of 24 hours (R24h) and adjusted by the program Multiple Source Method (MSM). The proteins were evaluated according the values from Acceptable Macronutrients of Distribution Ranges (IOM, 2002); total and saturated fat were evaluated according to the Diretriz Brasileira de Dislipidemia e Prevenção de Aterosclerose (2017); and the added sugar was evaluated according the value advocated by the Guideline: Sugars intake for adults and children (OMS, 2015). The data were treated statistically on software SPSS® 21.0, considering the level of significance of 5%. The tests t de student, ANOVA, Mann Whitney e Kruskal-Wallis were used to compare the mean. The linear correlation method of Pearson and the correlation of Spearman were used to evaluate an association between variables and when significant, the linear regression method was applied, and measures of effect size were used to represent the magnitude of the results obtained. Results: When assessing the distribution of the percentage consumption, it was observed that the majority of the elderly consume within the recommendations advocates: proteins (98,3%), total fat (63,1%), saturated fat (100%) and added sugar (62,7%). When assessing the consumption and the energy distribution of proteins, total fat and added sugar presented statistically significant differences (p = <0,050) in relation to sociodemographic variables, economic, lifestyle and health. Seniors aged 80 and over who reported income less than a minimum wage, consume total fat and the added sugar within the recommendations; and seniors who reported practice physical activity and being diabetic, presented the consumption of added sugar within the recommendations. When correlating the VET of the diet and percentage of protein, fat and the added sugar, we observed a negative linear correlation between the adequate protein intake and the VET (p = 0,008), positive linear correlation between the adequate protein intake and total fat (p = <0,001) and positive linear correlation between the consumption of added sugar and the VET (p = 0,007). Conclusion: The findings of this study imply the development of public policies for food and nutrition that impact on the quality of the diet of the elderly, especially as regards the choice of food sources of proteins with reduced fat value and attention to the consumption of sugar by means of nutritional and health care.
Titulação: Mestrado em Ciências do Envelhecimento
Orientador (a): Rita de Cássia de Aquino
Banca

-

Assuntos: Nutrição do idoso, Consumo alimentar, Macronutrientes, Recomendações nutricionais
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica