Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Autor: Aline Lourenço Campanha
Título(s): Territórios da fronteira entre memória e história
Resumo: [pt] Esta pesquisa busca construir uma reflexão sobre a identidade da cidade de São Paulo, estabelecendo uma correlação com a problematização de processos de construção da identidade do cidadão em confronto com o imaginário coletivo, considerando não apenas o patrimônio cultural representativo do ideal de progresso urbano, mas transitando entre o hegemônico e o não oficial, com o objetivo de extrapolar as narrativas normatizadas e, com isso, explorar diferentes representações e manifestações dos sujeitos no embate com a cidade. A investigação se concentra na concepção dos diversos territórios existentes, expressos na memória de cidadãos e de grupos sociais, em seus cotidianos compartilhados em produções culturais, que reverberam na composição do lugar e são fortalecidas nas ações coletivas, colaborativas e autogeridas. Examina-se, portanto, o “Patrimônio das Lutas Sociais e Resistências”, com base em dois recortes de tempo: o período de vigência da Ditadura Militar no Brasil (1964-1985), por intermédio das ações organizadas nos Clubes de Mães da Periferia e o Movimento Custo de Vida; os tempos atuais, a partir de 2010 até 2018, materializados no Movimento Cultural Ermelino Matarazzo e na Ocupação Cultural Mateus Santos, a fim de evidenciar diferentes dinâmicas de reconhecimento das identidades existentes nos territórios alvo desta pesquisa, com a perspectiva de avançar na identificação de evidências factuais das práticas de cidadania ancoradas no uso cultural e reivindicatório da cidade, ativado pelo exercício da memória e pela representação simbólica.
Abstract: [en] This research seeks to build a reflection on the identity of the city of São Paulo, establishing a correlation with the problematization of processes of construction of the identity of the citizen in confrontation with the collective imaginary, considering not only the cultural patrimony representative of the ideal of urban progress, but transiting between the hegemonic and the unofficial, in order to extrapolate the normalized narratives and, with this, to explore different representations and manifestations of the subjects in the clash with the city. The research focuses on the conception of the various territories, expressed in the memory of citizens and social groups, in their daily lives shared in cultural productions that reverberate in the composition of the place and are strengthened in collective, collaborative and self-managed actions. Therefore, the "Heritage of Social Struggles and Resistances" is examined, based on two time cuts: the period of validity of the Military Dictatorship in Brazil (1964-1985), through the actions organized in the Peripheral Mothers' Clubs and the Cost of Living Movement; the present times, from 2010 to 2018, materialized in the Ermelino Matarazzo Cultural Movement and the Mateus Santos Cultural Occupation, in order to highlight different dynamics of recognition of the identities existing in the target territories of this research, with the perspective of advancing the identification of evidences of the practices of citizenship anchored in the cultural and reclaiming of the city, activated by the exercise of memory and symbolic representation.
Titulação: Mestrado em Arquitetura e Urbanismo
Orientador (a): Profª Dra. Eneida de Almeida
Banca

-

Assuntos: Memória. Identidade. Cidade. Patrimônio.
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica