Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Autor: Eduardo Takemi Yamamoto
Título(s): Realidade Virtual Interativa: representação de espaços arquitetônicos para novos perfis de público
Resumo: [pt] Esta dissertação apresenta, descreve, compara e analisa as caraterísticas específicas do uso das chamadas Realidade Virtual (RV) e Realidade Virtual Interativa (RVI) como ferramentas adequadas para comunicar o projeto de arquitetura a novos perfis de usuários, visando facilitar o entendimento e a comunicação entre arquitetos (especialistas) e clientes (não especialistas). O trabalho é divido em três partes, que tratam sobre: os condicionantes básicos para o funcionamento da RV e RVI, através da comparação entre a representação gráfica e a realidade virtual. Assim, na primeira parte é discutido o que se entende por “realidade”, o conceito de imersão, assim como o papel da percepção e os sentidos que fazem parte da captação dos estímulos exteriores, fatos fundamentais para a tecnologia de Realidade Virtual. Na segunda parte, explorar-se-á os diferentes métodos para representar graficamente um espaço, em diferentes épocas e distintos perfis de usuários, seguindo as definições estabelecidas por Lucia Santaella: contemplativo, movente, imersivo e ubíquo. Finalmente, verificaremos as possibilidades de compreensão do projeto arquitetônico, e da espacialidade nele contida, frente à simulação imersiva e à interatividade, que os motores de jogos de videogames aplicadas à RV possibilitam.
Abstract: [en] This dissertation presents, describes, compares and analyzes the specific characteristics of the use of so-called Virtual Reality (VR) and Interactive Virtual Reality (VR), as appropriate tools to communicate the architecture project to new user profiles, in order to facilitate the understanding and communication between architects (specialists) and clients (non-specialists). The work is divided in three parts that deal with: the basic conditioners for the functioning of the RV and RVI, through the comparison between the graphic representation and the virtual reality. Thus, in the first part we discuss what is meant by "reality", the concept of immersion, and also the role of perception and the senses that are part of the capture of external stimuli, fundamental facts for Virtual Reality technology. In the second part, we will explore the different methods to graphically represent a space, at different times and different profiles of users, following the definitions established by Lucia Santaella: contemplative, moving, immersive and ubiquitous. Finally, we will check the possibilities of understanding the architectural design, and the spatiality contained in it, in view of the immersive simulation and interactivity that the video game engines applied to RV make possible.
Titulação: Mestrado em Arquitetura e Urbanismo
Orientador (a): Prof. Dr. Fernando Guillermo Vázquez Ramos
Banca

-

Assuntos: Realidade Virtual Interativa; Ubiquidade; Representação Gráfica.
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica