Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Autor: Marco Aurélio Gonçalves Nóbrega dos Santos
Título(s): [pt] ] A gestão do esporte no contexto daspolíticas públicas: análise das cidades da União dos Municípios da Média Sorocabana do Estado de São Paulo.
Resumo: [pt] O esporte tem se configurado como um dos mais importantes fenômenos sociais nas últimas décadas na sociedade por suas representações culturais, sociais, econômicas e políticas. Diante disso, o esporte é um direito social garantido constitucionalmente de forma a ser ofertado à população o acesso e condições à prática esportiva em suas diversas manifestações. Assim, os municípios têm papel fundamental na gestão de políticas públicas de esporte para desempenhar ações significativas que garantam o esporte como direito. Nosso estudo analisou a gestão das políticas públicas de esporte implementadas nos municípios que participam da UMMES (União dos Municípios da Média Sorocabana do Estado de São Paulo) e o papel deste consórcio intermunicipal na gestão do esporte, no qual participaram 12 gestores de esporte públicos municipais pertencentes a essa entidade. A pesquisa caracterizou-se na abordagem qualitativa, descritiva e interpretativa das ações dos indivíduos em seus ambientes e contextos sociais, na qual estruturalmente utilizamos a entrevista semiestruturada, com os procedimentos de análise de conteúdo dos relatos dos gestores entrevistados. Os resultados apontaram que a gestão do esporte nos municípios não acontece conforme os princípios da gestão pública, tais como: planejamento, intersetor alidade, participação popular, controle e avaliação, refletindo assim em políticas públicas de esporte desarticuladas e desconexas com os preceitos constitucionais. Foi constatado ainda que o papel da UMMES na gestão se mostrou distante, com falta de interlocução e diálogos que viabilizassem ações para gerir o esporte municipal e regional. Também, por parte dos gestores verificou-se falta de envolvimento e engajamento com o consórcio no sentido de compreender o importante papel e ferramenta que o órgão pode representar na elaboração, formulação e implementação de políticas públicas esportivas para suprir as dificuldades e as limitações desses municípios. Embora o consórcio não tenha desempenhado o papel de fomento e o incentivo do esporte na região existe uma necessidade urgente de maior interlocução entre gestores e entidade no sentido de viabilizar ações conjuntas que promovam discussões e debates acerca do esporte municipal e regional. Esse papel do consórcio juntamente com governantes, gestores e demais envolvidos tem papel fundamental na ressignificação e relevância do esporte dos municípios. Assim, as limitações por ora verificadas poderão ser superadas com o envolvimento e a participação efetiva de gestores e consórcio. Para tal entendemos ser fundamental existir a regulamentação, vontade política e engajamento como fatores essenciais nesse processo.
Abstract: [en] ] Sport has become one of the most important social phenomena in recent decades in society for its cultural, social, economic and political representations. Given this, the sport is a social right guaranteed constitutionally in order to be offered to the population the access and conditions to the sport practice in its diverse manifestations. Thus, municipalities have a fundamental role in the management of sports public policies to carry out significant actions that guarantee sports as a right. Our study analyzed the management of sports public policies implemented in the municipalities that participate in the UMMES (Union of Municipalities of the Sorocabana Average of the State of São Paulo) and the role of this intermunicipal consortium in the management of the sport, in which 12 municipal public sports managers participated Belonging to that entity. The research was characterized in the qualitative, descriptive and interpretive approach of the individuals 'actions in their environments and social contexts, in which we structurally used the semi-structured interview, with the content analysis procedures of the interviewed managers' reports. The results pointed out that the management of sport in municipalities does not happen according to the principles of public management, such as: planning, intersectoriality, popular participation, control and evaluation, thus reflecting in public sports policies disjointed and disconnected with constitutional precepts. It was also verified that the role of UMMES in the management was distant, with lack of dialogue and dialogues that enabled actions to manage the municipal and regional sport. Also, there was a lack of involvement and engagement with the consortium in order to understand the important role and tool that the body can represent in the elaboration, formulation of the implementation of public sports policies to overcome the difficulties and limitations of these municipalities. Although the consortium has not played the role of promotion and encouragement of sport in the region, there is an urgent need for greater interaction between managers and entities in order to enable joint actions that promote discussions and debates about municipal and regional sport. This role of the consortium together with government officials, managers and others involved plays a fundamental role in the re-signification and relevance of the sport of municipalities. Thus, the limitations currently verified can be overcome with the involvement and effective participation of managers and consortium. To this end, we believe that regulation, political will and engagement are essential factors in this process.
Titulação: Doutorado em Educação Física
Orientador (a): Profa. Elisabete dos Santos Freire
Banca

-

Assuntos: IGestão do esporte, Gestor do esporte, Políticas públicas, Esporte e lazer, Gestão esportiva
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica