Políticas Institucionais de Pesquisa e Iniciação Científica

A Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação tem como função primordial propor ao Reitor e aos Conselhos Superiores as diretrizes políticas da USJT na área de pesquisa e de pós-graduação, e fiscalizar o cumprimento dessas diretrizes e das demais normas legais, estatutárias e regimentais. A instituição possui uma Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação (CPPG), órgão auxiliar do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE).

Os principais pontos da atual política da USJT para as atividades de pesquisa e iniciação científica estão baseados nos resultados da autoavaliação institucional e envolvem:

  • incentivar a prática da pesquisa como atividade de formação complementar às atividades de ensino e extensão;
  • organizar as atividades de pesquisa a partir de suas bases, adotando-se os “núcleos de pesquisa” como forma inicial de organização;
  • estabelecer programas internos de apoio à captação de recursos por parte dos pesquisadores da instituição;
  • ampliar o programa de apoio à participação em eventos científicos da instituição;
  • incentivar a criação de Grupos de Pesquisa certificados pela instituição junto ao CNPq;
  • ampliar as ações dos programas de iniciação cientifica, principalmente o PIBIC;
  • ampliar a divulgação das atividades de pesquisa e de iniciação científica junto à comunidade universitária;
  • priorizar, na elaboração dos projetos de pesquisa, a atuação conjunta dos pesquisadores, em detrimento dos projetos individuais;
  • priorizar, no incentivo aos projetos de pesquisa, aqueles de maior alcance social e tecnológico.

Definidas as políticas pela CPPG/CEPE, o Centro de Pesquisa é o órgão da Próreitoria de Pesquisa e Pós-Graduação responsável pela operacionalização das atividades de pesquisa e de iniciação científica. Três são os programas de iniciação científica:

  • Regime de Iniciação Científica (RIC): 80 vagas anuais, com bolsa de 20% no valor da mensalidade para os 40 primeiros selecionados;
  • Programa Voluntário de Iniciação Científica (PVIC): 50 vagas anuais, sem bolsa;
  • Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC): 5 vagas anuais, com bolsa do CNPq.

Os melhores trabalhos de iniciação científica são publicados em revista eletrônica, Revista IC USJT, disponível no Portal da USJT. Quanto à forma de organização dos pesquisadores, duas são as possibilidades:

  • Núcleos de Pesquisa, atualmente em número de 10, são formados unicamente por docentes da própria instituição em regime de tempo integral;
  • Grupos de Pesquisa certificados pela instituição no CNPq, totalizando 36. Existe uma Coordenadoria da Iniciação Científica e uma Coordenadoria dos Núcleos de Pesquisa, ambas com secretaria conjunta. A instituição disponibiliza aos seus pesquisadores uma revista de caráter multidisciplinar, denominada Integração, com periodicidade trimestral e distribuição gratuita (1500 exemplares). Todas as edições impressas estão disponíveis online no Portal da USJT. A revista Integração possui avaliação no QUALIS/CAPES, em diversas áreas. Atualmente a revista encontra-se no número 53.

O Centro de Pesquisa organiza anualmente o Simpósio Multidisciplinar da USJT, evento destinado à divulgação da produção científica, técnica, cultural e artística. Dos trabalhos apresentados são publicados os resumos, nos Anais, totalizando, em média, 400 por edição. A Pró-reitoria de Pesquisa e Pósgraduação possui diversas páginas no Portal da USJT, com informações detalhadas de todos os setores.

A instituição possui também um Comitê de Ética em Pesquisa (COEP/USJT), devidamente registrado no CONEP. Está sendo criado um subcomitê destinado aoexperimento animal. Os pesquisadores associados aos Programas de Pós-graduação stricto sensu da instituição possuem apoio para a participação em eventos científicos e os próprios Programas possuem dotação orçamentária para a realização de eventos na própria IES, com a participação de pesquisadores externos

Políticas Institucionais