POLÍTICAS INSTITUCIONAIS DE EXTENSÃO

A Pró-reitoria de Extensão tem os seguintes objetivos:

• propiciar a inserção do corpo discente e docente na sociedade por meio de ações devidamente planejadas;
• disponibilizar, para a sociedade, o conhecimento acadêmico acumulado;
• sistematizar o conhecimento empírico que existe nas práticas sociais, devolvendo-o à comunidade;
• estabelecer padrões de harmonia com a comunidade atendendo aos reclamos de desenvolvimento da região, respeitando e antecipando- se às suas necessidades e características;
• contribuir para a melhoria das condições sociais da população do entorno das unidades;
• oferecer aos alunos a oportunidade de uma ação social concreta;
• promover a integração entre a Universidade e as empresas, propiciando vivências adequadas às reais necessidades do mercado de trabalho;
• elaborar e aplicar "projetos" em parceria com entidades sociais, culturais, educacionais, religiosas, etc;
• oferecer à comunidade possibilidades de aperfeiçoamento através de cursos de extensão, programas de treinamento de pessoal e eventos;
• manter elo entre a USJT e seus ex-alunos.

Centro de Extensão, órgão de operacionalização da política de extensão universitária da USJT, é composto por diferentes núcleos de extensão.

Os Núcleos de Extensão possuem uma atuação interdisciplinar, articulando os cursos de graduação, os de pós-graduação e os grupos de pesquisa existentes, os quais viabilizam a geração e implantação de vários programas e projetos de extensão , os quais têm um grande impacto social sobre a comunidade externa e interna.

Todas as atividades de extensão envolvem professores em regime de Tempo Integral, alunos monitores e estagiários numa relação de reciprocidade com a comunidade interna e externa. Os programas e projetos atendem ao Plano Nacional de Extensão e envolvem todos os cursos de graduação oferecidos.

Há vários projetos voltados à comunidade acadêmica interna.Ressalte-se as oficinas de nivelamento em várias áreas, monitorias e estágios em atividades de cunho social [relação dos programas e projetos do CEAM] e educação continuada direcionada ao egresso (programas gratuitos de aprimoramento aos graduados) [relação dos programas de aprimoramento].

Há a sistematização dos resultados das ações, fornecendo elementos e casos a serem estudados e trabalhados em sala de aula, nos cursos de graduação e de pós-graduação, como recurso metodológico adicional no processo de ensinoaprendizagem.

Os programas e projetos são abertos, são feitos registros das atividades desenvolvidas pelos agentes envolvidos, prazos e metas são estabelecidos, o que permite o registro e a avaliação geral do andamento dos projetos por todos os envolvidos.

Para o cadastro de programas e projetos de extensão, são necessários os registros de (I) data de início, (II) nome do projeto, (III) núcleos de extensão envolvidos, (IV) cursos envolvidos, (V) áreas de conhecimento, (VI) linhas de extensão, (VII) público-alvo, (VIII) participantes, (IX) empresas envolvidas, (X) entidades de classe envolvidas, (XI) órgãos públicos envolvidos, (XII) produtos acadêmicos resultantes, (XIII) vínculos entre projetos e programas e (XIV) texto do projeto na íntegra.

A partir do cadastro dos programas/projetos, do registro das atividades e das constantes reuniões com os agentes envolvidos, a Pró-reitoria de Extensão e os parceiros externos continuamente avaliam o andamento dos projetos, desencadeando novas ações.

A USJT contribui para os programas/projetos,disponibilizando: (I) instalações e equipamentos, (II) professores, principalmente dos docentes em regime de Tempo Integral, (III) estagiários e monitores remunerados com bolsas de estudos, (IV) material de consumo e (V) insumos.

Políticas Institucionais

Voltar Voltar Página Inicial