Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Autor: Taíse Martinoff dos Santos
Título(s): [pt] Avaliação da capacidade funcional e da qualidade de vida de idosos residentes no município de São Caetano do Sul
Resumo: [pt] O envelhecimento é considerado um processo natural dinâmico, progressivo e irreversível, no qual ocorrem alterações morfológicas, bioquímicas, fisiológicas e psicossociais. Essas modificações acarretam perdas progressivas da capacidade de adaptação ao meio ambiente e redução da capacidade funcional podendo influenciar na qualidade de vida. OBJETIVO: Avaliar a capacidade funcional e a qualidade de vida de idosos frequentadores de centros de convivência no município de São Caetano do Sul. MATERIAL E MÉTODOS: Estudo transversal, realizado entre março e dezembro de 2016, com 150 idosos, ambos os sexos, frequentadores dos Centros Integrados de Saúde e Educação da Terceira Idade (CISE). As variáveis estudadas foram: idade, gênero, escolaridade, estado civil, renda per capita, tabagismo, prática de atividade física e presença de doenças. Para avaliar o estado nutricional foram utilizadas medidas de composição corporal (Indice de Massa Corporal, circunferência da panturrilha e circunferência abdominal). Para avaliação da Capacidade Funcional (CF) foram utilizadas as escalas de Atividades da Vida Diária (AVD) e Atividades Instrumentais da Vida Diária (AIVD). Para avaliar a qualidade de vida foram utilizados os questionários WHOQOL bref e old. Para análise estatística foram realizados os testes de normalidade Kolmogorov-Smirmov, Kruskall-Wallis e Mann-Whitney para verificar associação entre variáveis e regressão logística para associação de AIVD com variávies do estudo. RESULTADOS: Do total, a maioria foi do sexo feminino (n=122), idade média de 75 anos (± 7,0). Em relação ao estado nutricional, houve maior frequência de idosos com peso adequado, no entanto, 50,7% apresentaram alteração do estado nutricional (17,3% baixo peso e 33,4% algum grau de excesso de peso). Em relação a capacidade funcional avaliada através das AVD 90,5% foram classificados como Independentes, 8,5% com Dependência Moderada e 1% como Muito Dependente. Nas AIVD, 49% foram classificados como Independentes e 51% com Dependência Parcial. Observou-se forte associação das AIVD com domínio 2 do WHOQOL bref (aspectos psicológicos) e Faceta 1 do WHOQOL old (funcionamento dos sentidos). CONCLUSÃO: As AIVD apresentaram forte associação com a qualidade de vida nos domínios relacionados a aspectos psicológicos e ao funcionamento dos sentidos. São necessários novos estudos para investigar quais outros aspectos, não explorados neste estudo, estão associados a capacidade funcional a fim de propor ações/políticas públicas que venham contribuir com a melhor qualidade de vida e consequentemente melhor condição de saúde para a população idosa.
Abstract: [en] Aging is considered a natural process, dynamic, progressive and irreversible, in which morphological, biochemical, physiological and psychosocial changes occur. These modifications lead to progressive loss of adaptability to the environment and reduction of functional capacity, which may influence the quality of life. OBJECTIVE: To evaluate the functional capacity and quality of life of elderly people living in community centers in the municipality of São Caetano do Sul. MATERIALS AND METHODS: A cross-sectional study was carried out between March and December 2016, with 150 elderly people, both sexes, attending the Integrated Centers of Health and Education of the Third Age (CISE). The variables studied were: age, gender, schooling, marital status, per capita income, smoking, physical activity and the presence of diseases. To evaluate the nutritional status, body composition measurements (Body Mass Index, calf circumference and waist circumference) were used. To evaluate the Functional Capacity (FC), the Daily Life Activities (ADL) and Instrumental Activities of Daily Living (AIVD) scales were used WHOQOL bref and old questionnaires were used to assess quality of life. For statistical analysis, the Kolmogorov-Smirmov, Kruskall-Wallis and Mann-Whitney normality tests were performed to verify association between variables and logistic regression for the association of AIVD with variables of the study. RESULTS: Of the total, the majority were female (n = 122), mean age 75 years (± 7.0). Regarding the nutritional status, there was a higher frequency of elderly with adequate weight, however, 50.7% presented alterations in nutritional status (17.3% underweight and 33.4% some degree of overweight). Regarding the functional capacity evaluated through ADL, 90.5% were classified as Independent, 8.5% with Moderate Dependence and 1% as Very Dependent. In the IADL, 49% were classified as Independent and 51% with Partial Dependence. It was observed a strong association of AIVD with domain 2 of the WHOQOL bref (psychological aspects) and Facta 1 of the WHOQOL old (functioning of the senses).CONCLUSION: IADL showed a strong association with quality of life in the domains related to psychological aspects and the functioning of the senses. Further studies are needed to investigate which other aspects, not explored in this study, are associated with functional capacity in order to propose public policies / actions that contribute to the better quality of life and, consequently, a better health condition for the elderly population.
Titulação: Mestrado em Ciências do Envelhecimento
Orientador (a): Profa. Rita Maria Monteiro Goulart
Banca

-

Assuntos: Idoso , Qualidade de vida, Capacidade funcional.
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica