Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Autor: Rilza Xavier Marigliano
Título(s): [pt] A relação Cuidador/idoso segundo a ótica do cuidador formal domiciliar de idosos.
Resumo: [pt] O envelhecimento populacional tem aumentado de forma progressiva e devido às mudanças no panorama familiar, no qual o idoso nem sempre pode contar com a família para lhe prestar cuidados, tem-se recorrido à contratação de profissionais capacitados para exercer essa função, especialmente frente ao cuidado que a velhice fragilizada demanda. O objetivo geral desse estudo foi analisar como os cuidadores formais domiciliares concebem a relação com o idoso sob sua responsabilidade. Participaram da pesquisa 15 cuidadores formais, do gênero feminino, com faixa etária entre 25 e 59 anos, que estavam cuidando do mesmo idoso há pelos menos seis meses. Trata-se de um estudo descritivo, exploratório e de levantamento. Para a coleta de dados foi aplicado o roteiro de caracterização dos participantes e em seguida foi realizada a técnica projetiva denominada Procedimento Desenhos-Estórias com Tema. Foi realizada também uma entrevista semidirigida e por fim, foi aplicada a Escala de Qualidade de Vida WHOQOL-Bref. As participantes têm uma boa percepção de sua qualidade de vida, destacando-se o Domínio Físico. A vivência com idosos que necessitam de cuidados e já ter cuidado de um familiar, foram elementos motivadores para que passassem a exercer a profissão posteriormente. Várias participantes tinham formação na área de enfermagem, algumas não tiveram nenhum preparo anterior e aprenderam por meio da prática. No relacionamento com o idoso cuidado, foram evidenciados os aspectos positivos, principalmente relacionados ao afeto dirigido a esse, bem como a necessidade de proporcionar conforto e bem-estar. Há o desejo de continuar estudando e trabalhando na área. Por meio da técnica projetiva utilizada foram observados aspectos relacionados a visão do idoso como ambivalente em suas características ativas e frágeis, bem como também à idealização da função de cuidador. Observa-se a necessidade de que mais pesquisas sobre o tema sejam realizadas, visando traçar estratégias que deem suporte ao cuidador, a fim de que mantenha uma boa qualidade de vida.
Abstract: [en] The population ageing has been increasing progressively and because of changes in the family panorama, in which elderly cannot always count on the family to take care of him, has been restoring to hire qualified professionals to perform this function especially facing the elderly weakened demand. The general goal of this study is to analyse how the household formal caregivers conceive the relationship with the elderly under their responsibility. Fifteen formal caregivers are going to participate in the survey, hired professionals, paid for the exercise of caregiver’s occupation of elderly household caregivers between 25 and 59, who has taken care of the same elderly for at least six months. This is a descriptive, exploratory and collection of informations survey. For data collection it was applied a characterization script of the participants and then was held projective technique called Drawing Story (with Theme) Procedure. A semi-directed interview was also carried out and ultimately, it was applied the Quality of Life Scale WHOQOL-Bref. The participants have a good perception of their quality of life, standing out the Physical Domain. The experiences with elderly that need care and had already taken care of a family member were the motivating elements for which exercise the profession later. Several participants were training in the area of nursing; some had no previous preparation and learned through practice. In the relationship with the elderly care were highlighted the positive aspects, mainly related to affection directed to that, as well as the need to provide comfort and well-being. There is the desire to keep studying and working in the area. Through projective techniques used were observed aspects of the vision of the elderly as conflicted about its active features and fragile, as well as the idealization of the caregiver. There is a need for more research on the topic be undertaken, aimed at outlining strategies that support the caregiver and they can maintain a good quality of life.
Titulação: Mestra em Ciências do Envelhecimento
Orientador (a): Profa. Cláudia Aranha Gil
Banca

-

Assuntos: Cuidadores, Velhice, Qualidade de vida, Técnicas Projetivas.
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica