Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Autor: Erinaldo Luiz de Andrade
Título(s): [pt] Transição do comportamento de atividades físicas associadas a fatores sócio-ecológicos: estudo retrospectivo da idade adulta a infância.
Resumo: [pt] INTRODUÇÃO: Diversas mudanças comportamentais e ambientais ocorrem entre o período da infância até a idade adulta. OBJETIVO: Esse estudo teve como objetivo avaliar as mudanças na participação em atividades físicas e comportamentos sedentários durante os períodos de infância, adolescência e início da idade adulta. METODOLOGIA: Para tanto, foram analisados 143 jovens de ambos os sexos, recém ingressados no curso de Educação Física na cidade de São Paulo. Os indivíduos responderam três questionários em três semanas consecutivas, sendo: 1ª semana - questionário referentes ao período atual; 2ª semana – Questionário retrospectivo referente aos 15 anos de idade; 3ª semana – Questionário retrospectivo referente. Aos 10 anos de idade. Os questionários incluíram informações sobre: Características físicas, sociais e equipamentos do domicilio; Características da vizinhança quanto lojas e serviços, locais para AF e percepção do ambiente social e infraestrutura; e características do ambiente escolas quanto a instalações e equipamentos para atividade física, oportunidades e incentivos para atividade física. Os dados foram associados a atividade física pratica 5x/sem – 60 minutos (habitual total, esportes coletivos e academia) e com a participação em 300 minutos de atividade física por semana. RESULTADOS: Os resultados mostraram mudanças nos ambientes domésticos, vizinhança e escola entre os períodos da infância e idade adulta. Os aspectos ambientais associados as atividades são diferentes entre os períodos e variam também dependendo dos critérios utilizados para classificar atividade física. CONCLUSÃO: A presença de equipamentos de atividade física no domicílio, espaços para atividade física na vizinhança e apoio da escola, podem facilitar o envolvimento em atividade física em diferentes períodos.
Abstract: [en] INTRODUCTION: Several behavioral and environmental changes occur between the periods of childhood to adulthood. PURPOSE: This study aimed to evaluate the changes in physical activity and sedentary behavior during childhood periods, adolescence and early adulthood. METHODOLOGY: For this, 143 young people from both gender recently admitted in the Physical Education Course in São Paulo were analyzed. The subjects answered three questionnaires in three consecutive weeks, as follows: 1st week - questionnaire for the current period; 2nd week - retrospective questionnaire referring to 15 years of age; 3rd week - regarding retrospective questionnaire. At 10 years of age. The questionnaires included information about your home, including: physical and social characteristics and household facilities; Facilities of the neighborhood as shops and services, places for physical activity and social environment perception and infrastructure; and environment's characteristic schools as facilities and equipment for physical activity, opportunities and incentives for physical activity. Data were associated with physical activity 5x / week - 60 minutes (total, usual team sports and gym) and participation in 300 minutes of physical activity per week. RESULTS: The results showed that changes in the home environment, neighborhood and school between the periods of childhood and adulthood. Environmental aspects associated to activities are different between periods and vary depending on the criteria used to classify physical activity. CONCLUSION: The presence of physical activity equipment at home, places for physical activity in the neighborhood and school support, can facilitate involvement in physical activity in different periods.
Titulação: Doutorado em Educação Física
Orientador (a): Prof. Aylton José Figueira Junior
Banca

-

Assuntos: Atividade física.
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica