Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Autor: André Luiz Ribeiro
Título(s): [pt] Influência do treinamento contínuo e acumulado sobre o envelhecimento do miocárdio no ventrículo esquerdo de ratos Wistar
Resumo: [pt] As manifestações clínicas da doença no idoso são mais graves por causa das alterações anatômicas e funcionais do envelhecimento. Numerosos trabalhos têm demonstrado que a realização de atividade física regular de média intensidade é um importante fator capaz de influenciar beneficamente os efeitos do envelhecimento nos tecidos. Dois tipos de treinamentos aeróbios são comumente utilizados para idosos, que são o treinamento contínuo e o treinamento acumulado. O objetivo do presente trabalho é comparar a influência dos treinamentos contínuo e acumulado, sobre aspectos morfoquantitativos que ocorrem no miocárdio do ventrículo esquerdo com o envelhecimento. Foram utilizados 20 ratos Wistar (Rattus norvegicus albinus) machos, com peso médio inicial mínimo de 300g e idade de 12 meses, procedentes do Biotério da Universidade São Judas Tadeu. Os animais foram divididos em 4 grupos: Grupo controle (GC); Grupo sedentário (GS); Grupo de Treinamento Acumulado (GTA) e Grupo de Treinamento Contínuo (GTC). Todos os animais (sedentários e treinados) foram submetidos á adaptação (uma semana; 10 min/dia; 0,3 km/h) e a protocolos de teste de esforço máximo em uma esteira ergométrica no início do programa de treinamento físico. O grupo de ratos treinados foi submetido a um protocolo de corrida em esteira ergométrica com velocidade ajustada a 70% da velocidade máxima atingida no TE, 1x/dia/ 5dias/semana com duração de 30 (trinta) minutos no grupo Treinamento Contínuo (GTC) e 2x/dia/ 5dias/semana com duração de 15 (quinze) minutos cada vez, no grupo Treinamento Acumulado. O procedimento para coleta dos dados, após a decapitação do animal, foi a retirada de um fragmento de aproximadamente 0.5 cm2 de cada coração; as peças coletadas foram submetidas ao processo de rotina de preparo do material para estudos á microscopia de luz. Foram então confeccionados cortes histológicos corados pela Hematoxilina e Eosina (HE) e pelo Picrosirius, colocados em lâminas e examinados ao microscópio de luz com aumento de 400x. Os valores dos parâmetros analisados, obtidos para cada animal e para cada um dos grupos foram tabulados, as médias calculadas e depois comparadas estatisticamente pelo ANOVA e teste post hoc de Tukey. O nível de significância foi estabelecido em P& lsaquo;0,05. Foram obtidos 26 cardiomiócitos por campo no grupo controle; 21 cardiomiócitos por campo no grupo sedentário; 17 cardiomiócitos por campo no grupo de treinamento acumulado e 21 cardiomiócitos por campo no grupo de treinamento contínuo; os valores médios das áreas dos cardiomiócitos nos grupos estudados foram: 135 μm2 no grupo controle; 198 μm2 no grupo sedentário; 173 μm2 no grupo de treinamento acumulado e 130 μm2 no grupo de treinamento contínuo; os volumes médios dos núcleos dos cardiomiócitos obtidos por grupo foram: 23,63 μm3 no grupo controle; 13,85 μm3 no grupo sedentário; 28,37 μm3 no grupo de treinamento acumulado e 28,67 μm3 no grupo de treinamento contínuo; a densidade dos volumes médios das fibras de colágeno em percentual foram: 20,39% no grupo controle; 42,06% no grupo sedentário; 11,58% no grupo de treinamento acumulado e 20,28% no grupo de treinamento contínuo. Com base nos resultados obtidos, é válido que se recomende aos idosos efetuar treinamentos físicos uma vez por dia para retardar os efeitos já conhecidos do envelhecimento sobre o miocárdio.
Abstract: [en] Clinical manifestations of the disease in the elderly are more serious because of the anatomical and functional changes of aging. Numerous studies have shown that the achievement of medium intensity of regular physical activity is an important factor able to influence beneficially the effects of aging in the tissues. Two types of aerobic training are commonly used for the elderly, who are the continuous training and the accumulated training. The objective of this study is to compare the influence of continuous and cumulative training on morphoquantitative aspects that occur in left ventricular myocardium with aging. 20 Wistar rats (Rattus norvegicus albinos) males with a minimum average weight of 300 g and age of 12 months, coming from the animal house of São Judas Tadeu University. The animals were divided into 4 groups: control group (CG); Sedentary group (SG); Accumulated Training Group (GTA) and Continuous Training Group (GTC). All animals (sedentary and trained) underwent adaptation (one week, 10 min / day, 0.3 km / h) and maximal exercise test protocols on a treadmill at the beginning of exercise training program. The group of trained rats was subjected to a running protocol on a treadmill at a speed adjusted to 70% of maximum speed in TE, 1x / day / 5days / week with duration of thirty (30) minutes in the Continuous Training Group (GTC) and 2x / day / 5days / week with duration of fifteen (15) minutes each time, in Accumulated Training group. The procedure for data collection, following the beheading of the animal, was the removal of a fragment of approximately 0.5 cm2 of every heart; the collected specimens were submitted to the preparation routine process the material for light microscopy studies. They were then made histological sections stained with hematoxylin and eosin (HE) and the Picrosirius, placed on slides and examined under a light microscope with 400x magnification. The analyzed values of the parameters, obtained for each animal and for each group was plotted, the average calculated and then compared statistically by ANOVA and post-hoc Tukey. The level of significance was set at P &0.05. 26 cardiomyocytes were obtained by field in the control group; 21 cardiomyocytes by field in the sedentary group; 17 cardiomyocytes accumulated by field training group and 21 per cardiomyocytes field in continuous training group; the average values of the areas of cardiomyocytes in the groups studied were: 135 μm2 in the control group; 198 μm2 in the sedentary group; 173 μm2 accumulated training group and 130 μm2 in continuous training group; the average volume of cardiomyocyte nuclei obtained by the group were: 23.63 μm3 in the control group; 13.85 μm3 in the sedentary group; 28.37 μm3 accumulated training group and 28.67 μm3 in continuous training group; the density of the average volume of collagen fibers in percentage were: 20.39% in the control group; 42.06% in the sedentary group; 11.58% accumulated training group and 20.28% in the continuous training group. Based on the results obtained, it is valid to recommend the elderly make physical training once a day to slow the effects of aging already known on the myocardium.
Titulação: Mestre em Educação Física
Orientador (a): Profª Romeu Rodrigues de Souza
Banca

-

Assuntos: [pt] Treinamento contínuo, Treinamento acumulado, Miocárdio, Envelhecimento, Exercício físico.
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica