Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Resumo

Autor: Fernanda Guilhermino Magalhães
Título(s): [pt] Avaliação do impacto de um programa de intervenção nutricional sobre o estado nutricional e a qualidade de vida de idosos com doença renal crônica não dialítica
Resumo: [pt] A doença renal crônica (DRC) consiste em lesão renal e perda progressiva e irreversível da função dos rins. A detecção precoce e condutas terapêuticas apropriadas podem retardar sua progressão. Objetivos: Avaliar o impacto de um programa de intervenção nutricional sobre o estado nutricional e a qualidade de vida de idosos com DRC não dialítica. Material e Métodos: Foram estudados 64 pacientes, de ambos os gêneros, com idade ≥ 60 anos, portadores de DRC estágio 3, participantes do programa HIPERDIA em uma Unidade Básica de Saúde, situada em Diadema/SP. O delineamento do estudo foi coorte prospectiva, os pacientes foram acompanhados por um período de nove meses entre Ago/2012 e Maio/2013. A intervenção nutricional foi composta por três encontros coletivos e um individual. Para obtenção dos dados sócio demográficos aplicou-se uma anamnese. A avaliação do estado nutricional foi realizada por antropometria, classificando o estado nutricional pelo Índice de Massa Corporal (IMC) e o risco cardiovascular pela circunferência da cintura (CC). A qualidade de vida foi avaliada pelo WHOQOL-bref. Para avaliar o consumo alimentar utilizou-se o Recordatório de 24 horas e o “Formulário de Marcadores do Consumo Alimentar para indivíduos com 5 anos idade ou mais”. A avaliação da evolução da DRC baseou-se na estimativa da taxa de filtração glomerular (TFG). Para análise estatística utilizou-se o software SPSS, versão 21 e nível de significância de 5% (p≤0,05). Foram realizados os testes de normalidade Kolmogorov-Smirnov e Shapiro-Wilk com todas as variáveis quantitativas, segundo o gênero. Quando atendidos os pressupostos, aplicou-se o teste do Qui-quadrado, teste t de Student para grupos pareados, teste t de Student para grupos independentes e ANOVA com medidas repetidas. Resultados: A idade média foi de 73,95±7,84 anos, sendo a maioria do gênero feminino (65,6%), com baixo nível instrucional e baixa renda. Quanto ao estado nutricional, 21,9% apresentou baixo peso e 32,8% excesso de peso. Em relação ao risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, 62,6% foram diagnosticados com risco elevado ou muito elevado. Na comparação das variáveis antes e após a intervenção, observou-se redução do IMC e da CC. A qualidade de vida avaliada pelo WHOQOL-bref, mostrou aumento no quesito satisfação sobre o estado de saúde, bem como do consumo de salada crua e frutas e houve uma diminuição da ingestão de hambúrguer/embutidos e refrigerantes, todas com significância estatística (p≤0,05). A idade, renda familiar e escolaridade não interferiram na qualidade de vida dos idosos. Conclusão: Os resultados sugerem que a intervenção nutricional impactou positivamente o estado nutricional, a qualidade de vida e a alimentação dos idosos estudados.
Abstract: [en] The chronic kiney disease (CKD) consists of renal injury and progressive and irreversible loss of the kidney function. The early detection and appropriate therapeutic approaches can slow its progression. Objective: Evaluate the impact of a nutritional intervention program on the nutritional status and on the quality of life of elderly with non-dialysis dependent CKD. Material and Methods: Sixty four patients of both gender, with CKD stage 3, were studied. They were ≥ 60 years old and participated in the HIPERDIA program, at a Health Basic Unit, located in Diadema/SP. It was a prospective cohort study, and the patients were monitored for nine months, between Aug/2012 and May/2013. The nutritional intervention consisted of one individual and three group meetings. The sociodemographic data were obtained by means of an interview. The evalution of the nutritional status was done by anthropometry, and the body mass index (BMI) was used for its classification; the cardiovascular risk was evaluated by using the measure of the waist circumference (WC). The quality of life was evaluated by the WHOQOL-bref. To evaluate the dietary intake, the 24-hour dietary recall and the "Food Consumption Labels Form for individuals aged five years or older" were used. The evaluation of the evolution of CKD was based on the estimated glomerular filtration rate (GFR). For statistical analysis, it was used the SPSS software, version 21, and a significance level of 5% (p ≤ 0.05). Normality tests, Kolmogorov-Smirnov and Shapiro-Wilk, were performed, with all the quantitative variables, according to the gender. When met the assumptions, the chisquare test, Student's t test for paired groups, Student's t test for independent groups and ANOVA with repeated measures were used. Results: The mean age was 73.95 ± 7.84 years, the female gender was predominant (65.6%), and most of the sample had low educational level and low income. Regarding nutritional status, 21.9% of the elderly were underweight and 32.8% were overweight. In relation to the risk for developing cardiovascular diseases, 62.6% were diagnosed with high or very high risk. When comparing the variables before and after intervention, there was a reduction of the BMI and WC values. The quality of life evaluated by the WHOQOL-BREF showed an increase in the item satisfaction with the health status, as well as the consumption of raw salad and fruit, and there was a decreased intake of burger/sausages and soft drinks, all with statistical significance (p ≤ 0.05). The age, family income and educational level did not affect the quality of life of the population in this study. Conclusion: The results suggest that the nutritional intervention positively impacted the nutritional status, the quality of life and the eating habits of the elderly.
Titulação: Mestra em Ciências do Envelhecimento
Orientador (a): Prof. Rita Maria Monteiro Goulart
Banca

Rita Maria Monteiro Goulart [Orientador]
Maria de Lourdes do Nascimento da Silva
Rita de Cássia de Aquino

Assuntos:

[pt] Idoso – Qualidade de vida
[pt] Insuficiência renal crônica
[pt] Nutrição

Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica