Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Resumo

Autor: Valdir Vieira Rezende
Título(s): [pt] Corrupção, degeneração e desigualdade nos discursos de Rousseau : um diagnóstico da civilização.
Resumo: [pt] Esta dissertação tem como finalidade desenvolver uma análise, interpretação e reflexão sobre o pensamento do filósofo genebrino Jean-Jacques Rousseau (1712-1778) acerca do processo de transformação dos sentimentos, dos valores e dos preceitos morais dos homens, expresso, sobretudo nos seus costumes e nas desigualdades políticas e sociais, ao longo da sua história. Esse processo de transformação Rousseau diagnostica como “degeneração”, tendo como base uma certa concepção da natureza humana. Para cumprir tal objetivo, os dois Discursos mais célebres do cidadão de Genebra: Discurso sobre as ciências e as artes (1749) e Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens (1755) e as principais polêmicas por eles suscitadas serão o eixo desta investigação.
Abstract: [en] This thesis aims to develop an analysis, interpretation and reflection of the thought of the Genevan philosopher Jean-Jacques Rousseau (1712-1778) about the process of transformation of feelings, values and moral precepts of men, expressed mainly on their moral practices and on social and politic inequalities, throughout their history. Rousseau diagnoses this process of transformation as "degeneration", based on certain conception of human nature. To achieve this objective the two most famous Speeches of the citizen of Geneva: the Discourse on the arts and sciences (1749) and the Discourse on the origin and basis of inequality among men (1755) and major controversies raised by them will be the central themes of this investigation.
Titulação: Mestre em Filosofia
Orientador (a): Prof. Paulo Jonas de Lima Piva
Assuntos: [pt] Corrupção – Filosofia
[pt] Discursos, ensaios, conferências
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica