Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Resumo

Autor: Elizete Fagundes Montalvão
Título(s): [pt] Atividades cotidianas na vida de idosos: interfaces das escolhas e da autoeficácia
Resumo: [pt] A escolha de atividades e de determinados meios sociais está determinada, em parte, pela crença da eficácia pessoal. No decorrer do processo de envelhecimento, as crenças de autoeficácia podem intensificar-se ou não, considerando o cenário no qual o idoso vive; neste processo, devem ser levadas em conta as características individuais. A fim de sondar “as atividades cotidianas na vida de idosos e as interfaces das escolhas e da autoeficácia”, esse estudo teve como objetivo verificar a estruturação das atividades no cotidiano do idoso; detectar os aspectos influenciadores na organização do cotidiano do idoso; discutir a autonomia de escolha e a percepção de desempenho na realização das atividades cotidianas. A pesquisa de cunho qualitativo contou com a participação de trinta idosos, acima de 60 anos sendo 16 do sexo masculino e 14 do sexo feminino. Para a coleta de dados foi utilizada a entrevista individual estruturada com perguntas fechadas para identificar o perfil da amostra e perguntas abertas para as demais informações. A análise foi realizada de forma interpretativa. Os resultados apontaram que as escolhas das atividades levam em considerações os aspectos relacionados à saúde, ao sentir-se bem/feliz, o ocupar o tempo e não ficar parado e são realizadas com autonomia, mas associadas ou subordinadas a outros elementos como a segurança e as necessidades familiares. Foi possível observar que os idosos entrevistados realizam com independência, autonomia e eficácia a prática de esporte e lazer físico, o exercício do trabalho remunerado, o lazer intelectual, o trabalho voluntário, o envolvimento social e as atividades personalísticas como o descanso, o namoro e o acompanhamento da programação da televisão. Os idosos pesquisados conseguem realizar atividades diárias voltadas para a satisfação de suas necessidades existenciais e de autorealização de forma independente nos aspectos físicos e psicológicos (fator físico e psicológico de autoeficácia) e as de autorrealização são escolhidas por conta própria e com bom nível de satisfação (autonomia de decisão).
Abstract: [en] The choice of activities and certain social contexts is partly determined by personal efficacy belief. Throughout aging process, self-efficacy beliefs may enhance or not, considering the scenario in which the elderly lives. In this process, individual characteristics shall be taken into consideration. In order to detect “routine activities in elderly people lives and choices and self-efficacy interfaces”, this study was intended to spot the arrangement of activities in the elderly routine; to detect aspects influencing the elderly routine organization; to discuss the choice autonomy and performance perception upon routine activities execution. The qualitative-natured research had the participation of thirty elderly people, over 60 years old, from which 16 were males and 14 were females. For data collection individual interview was used, composed of closed questions to identify the sample profile and open questions to the other information. The assessment was performed on an interpretative basis. Results showed that the choice of activities consider aspects related to health, to feeling good / happy, to manage time without having downtime and to being performed autonomously, but associated or subject to other elements, such as safety and family needs. It was possible to observe that elderly people interviewed perform, independently, autonomously and efficiently, sports practice and physical entertainment, paid employment, intellectual leisure, volunteer work, social engagement and persona activities, such as resting time, dating and following TV shows. The elderly people surveyed are able to perform daily activities related to meeting their existential and self-accomplishment needs in an independent way concerning physical and psychological aspects (self-efficacy physical and psychological factor). The self-accomplishment ones are chosen by themselves, and provide a good satisfaction level (autonomy to decide).
Titulação: Mestre em Ciências do Envelhecimento
Orientador (a): Profª. Graciele Massoli Rodrigues
Assuntos: [pt] Atividade cotidiana
[pt] Autoeficácia
[pt] Autonomia
[pt] Envelhecimento
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)
   

Pesquisa Específica