Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Resumo

Autor: Daniel Bocchini
Título(s): [pt] Identidade e alteridade na prática pedagógica na educação física escolar
Resumo: [pt] Na sociedade contemporânea, o encontro com o outro é inevitável e os ambientes sociais acabam sendo os lugares de maiores lutas para a afirmação de certos significados. A escola é um ambiente onde emerge uma diversidade de hábitos, valores, tradições; o que pode favorecer o silêncio, isolamento e resistência dos alunos. Também é vítima de confrontos de interesses e disputas entre dominantes e dominados, e esta relação não pode ser menosprezada. Portanto, quando se negligencia esse contexto, acaba favorecendo o surgimento de identidades dominantes e aumentando a alteridade entre os escolares. Considerando essas questões, a presente dissertação tem por objetivo analisar a percepção de professores sobre as relações de construção das identidades e alteridade que se estabelecem entre os alunos nas aulas de Educação Física. A metodologia aplicada ao estudo se caracteriza por descritiva e exploratória, de cunho qualitativo. Participaram da pesquisa dezenove professores de Educação Física do Ensino Fundamental da rede municipal de Jundiaí. A proposta da pesquisa divide-se em quatro momentos permeados por questionário, entrevistas e grupos focais. Para a análise dos resultados, utilizamos a análise interpretativa. Assim, observamos que, mesmo ocorrendo discussões acerca de uma Educação Física escolar pautada nas ciências humanas e sociais, percebemos, através dos discursos dos professores, a grande influência que a área psicobiológica ainda exerce na prática pedagógica dos pesquisados. Consideramos que as representações das percepções dos professores sobre a construção das relações de identidade e alteridade nas aulas, ainda estão muito instaladas numa proposta psicobiológica cujas intenções são a aquisição de uma melhor capacidade ou habilidade motora, assim consideramos que esses ideais de certa forma podem contribuir para reforçar e perpetuar as diferenças. Logo, um ambiente que estimule a reflexão crítica e com o alicerce na formação continuada dos docentes, podem apontar perspectivas para sensibilizar os profissionais de Educação Física a constituir em práticas pedagógicas pautadas na equidade, democracia e justiça social.
Abstract: [en] In contemporary society, the encounter with others is inevitable and social environments end up being the biggest fights of places to claim certain meanings. The school is an environment where a variety of habits emerge, values, traditions, which may favor the silence, isolation and student resistance. It is also a victim of clashes of interests and disputes between rulers and ruled, and this relationship can not be overlooked. So when it neglects this context, ends up favoring the emergence of dominant identities and otherness increasing among students. Considering these issues, this paper aims to analyze the perception of teachers on the relationships of construction of identities and otherness that are established between students in physical education classes. The methodology applied to the study is characterized by descriptive and exploratory, a qualitative. Participants were nineteen teachers of Physical Education of Elementary Education in the municipal Jundiaí. The proposed research is divided into four stages permeated by questionnaire, interviews and focus groups. To analyze the results, we use the interpretative analysis. Thus, we observe that even discussions taking place about a Physical Education ruled in humanities and social sciences, we perceive, through the discourses of teachers, the great influence that the area still has psicobiológica in pedagogical practice of respondents. We consider the representations of teachers' perceptions about building relations of identity and otherness in class, are still installed a proposal psychobiological whose intentions are to acquire a better ability or motor skills, so we believe that these ideals can somehow contribute to strengthen and perpetuate the differences. Soon, an environment that encourages critical reflection and with the foundation in the continuing education of teachers, may point perspectives to sensitize professionals to provide Physical Education in pedagogical practices based on fairness, democracy and social justice.
Titulação: Mestre em Educação Física
Orientador (a): Graciele Massoli Rodrigues
Assuntos: [pt] Alteridade
[pt] Educação Física Escolar
[pt] Identidade Cultural
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)

Pesquisa Específica