Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Resumo

Autor: Kamila Santos Ressurreição
Título(s): [pt] Efeito do exercício aeróbico no miorcadio do ventrículo direito de camundongos fêmeas LDL Knockout submetidas à privação de hormônios ovarianos: estudo morfoquantitativo
Resumo: [pt] As doenças cardiovasculares representam uma das importantes causas de morte nos países ocidentais. Fatores de risco como a dislipidemia e a perda do estrogênio, são facilitadores para o progresso das DCV. Sabe-se que o exercício físico promove uma melhora na função contrátil do miocárdio, porém as bases morfológicas deste processo não estão estabelecidas. O objetivo deste trabalho é avaliar efeitos morfoquantitativos do exercício físico aeróbio no ventrículo direito de camundongos fêmeas LDL Knockout submetidas à privação dos hormônios ovarianos. Foram utilizados 30 camundongos fêmeas divididos em 6 grupos (n=5): controle sedentário (CS) controle ovariectomizado sedentário (COS); controle ovariectomizado treinado (COT); LDL knockout sedentário (LDL-S) e t.Dt.-knockout ovariectomizado sedentário (LDL-OS) e LDL-Knockout ovariectomizado treinado (LDL-OT). Todos os camundongos foram alimentados com água e ração padrão "ad libituttt', e mantidos no Biotério da Universidade São Judas Tadeu. Aos 9 meses os animais foram ovariectomizados e após uma semana teve início ao protocolo de treinamento físico moderado em esteira ergométrica, com velocidade e carga rogressiva (1 hora por dia /5, dias por semana a 50 a 60% da velocidade máxima de esforço) durante 4 semanas. Após os animais foram eutanasiados e o VD foi seccionado, fixado e preparado para análises través de técnicas histológicas convencionais. Foram analisados vários parâmetros no ventrículo direito como densidade numérica de núcleos, volume nuclear médio, área da secção transversa dos miócitos e as densidades de volume do interstício, miócitos e fibras colágenas. Nossos resultados mostram que o exercício, em animais LDL-Knockout com privação dos hormônios ovarianos, promoveu uma redução na área transversa e do volume nuclear médio ocupado pelos cardiomiócitos e aumento das densidades de volume do interstício e das fibras colágenas. Concluímos que o exercício físico não reverte os efeitos causados pela dislipidernia e a-privação dos hormônios ovarianos no miocárdio direito em camundongos.
Abstract: [en] Cardiovascular diseases are a leading cause of death in Western countries. Risk factors such as dyslipidemia and loss of estrogen, are facilitators for the advancement of CVD. It is known that physical exercise promotes an improvement in myocardial contractile, function, but the morphological basis of this process has not been established. The objective of this study is to evaluate the effects of physical exercise morphoquantitative, in the right ventricle of female mice LDL Knockout undergoing ovarian hormone deprivation. We used 30 female mice divided into 6 groups (n = 5): control sedentary (CS) control ovariectomized sedentary (COS) control ovariectomized trained (COT), LDL knockout sedentary (S-LOL) and LOL-Knockout ovariectomized sedentary (LOL -OS) and LOL-trained Knockout ovariectomized (LOL-OT). Ali mice were fed standard chow and water "ad libitum", and kept in the animal house of the University São Judas Tadeu. At 9 months the animais were ovariectomized and after a week started the protocol of moderate physical training on a treadmill, with speed and load progressive (1 hour per day I 5 days per week at 50 to 60% of the maximum effort) for 4 weeks. After the animais were euthanized and the RV was sectioned, fixed and prepared for analysis abeam conventional histological techniques. We analyzed several parameters in the right ventriole as number density of n nuclear volume average sectional area of myocytes and interstitial volume densities, myocytes and collagen fibers. Our results show that exercise in l.Dl.-Knockout animais with ovarian hormone deprivation, caused a reduction in cross-sectional area and mean nuclear volume occupied by cardiomyocytes and increased densities of interstitial volume and collagen flbers. We conclude that physical exercise does not reverse the effects caused by dyslipidemia and ovarian hormone deprivation in the right myocardium in rnice.
Titulação: Mestre em Educação Física
Orientador (a): Laura Beatriz Mesiano Maifrino
Assuntos: [pt] Efeitos morfoquantitativos
[pt] Exercício físico - Menopausa
[pt] Ventrículo direito
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)

Pesquisa Específica