Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Resumo

Autor: Gleice Branco Silva
Título(s): [pt] Influência de um programa de dança nos aspectos biopsicossocias dos idosos
Resumo: [pt] Este trabalho tem por objetivos analisar e comparar a qualidade de vida de idosos de ambos os gêneros e a influência de um programa de dança nos domínios físico, psicológico, social e ambiental. Trata-se de um estudo de análise quali-quantitativo de delineamento quase experimental, do qual participaram 22 idosos de ambos os gêneros, com 60 anos ou mais, não praticantes regulares de atividades físicas sistematizadas, moradores do Alto Tietê, localizado no município de Ferraz de Vasconcelos, estado de São Paulo. Para avaliar a percepção subjetiva da qualidade de vida, utilizou-se o World Health Organization Quality of Life Questionnaire (WHOQOL-BREF) e o WHOQOL-OLD para aplicação em idosos. Aplicou-se os testes não paramétricos de Correlação de Spearman, bem como o teste Qui quadrado, para verificar se houve significância estatística. Em todas as análises, adotou-se nível de significância de p0,05. O procedimento realizado nesta pesquisa envolveu a aplicação dos instrumentos citados, antes e após o período das aulas de dança que foram ministradas nos seguintes ritmos: Dança Recreativa, Bolero, Forró, Samba de Gafieira e Discoteca. Os dados foram organizados e tabulados para análise estatística. A amostra estudada foi constituída, predominantemente, por idosos com idade média de 66,45 anos, sendo 50% do gênero masculino e 50% do gênero feminino. Observou-se maior frequência de idosos com Ensino Fundamental incompleto (50%), religião católica (81,82%), casados (90,91%), todos com residência própria, com renda familiar de um a três salários mínimos mensais, de etnia branca, aposentados e cuja doença de maior destaque é a Hipertensão Arterial (41,67%), seguida de Diabetes (29,17%). O nível de atividade física “ativo” prevaleceu no total da amostra, ainda que as respostas obtidas caracterizem o perfil da população estudada como não praticante de nenhuma outra atividade física sistematizada e que os participantes nunca tenham praticado aulas de dança. A participação em sessões de aulas de dança apresentou melhora nos escores do Whoqol-Bref nos domínios Físico, Psicológico, Social e Ambiental em ambos os gêneros. Houve também melhora nos escores do Whoqol Old nas facetas “Intimidade”, “Morte e Morrer”, “Participação Social”, “Atividades Passadas, Presentes e Futuras”, “Autonomia” e “Funcionamento do Sensório” pré e pós-intervenção da dança em ambos os gêneros, que apresentou valor alto do escore total. Com relação à qualidade de vida, os percentuais foram maiores no gênero feminino, mostrando que a dança influencia mais positivamente este gênero, uma vez que as mulheres apresentaram-se mais satisfeitas com a saúde após a prática da dança. O bem-estar proporcionado pelas aulas de dança pode ser percebido positivamente com o aumento da autoestima e, consequentemente, na melhoria da qualidade de vida dos idosos participantes. Estudos posteriores poderão utilizar os dados obtidos nesta pesquisa para outras investigações que sejam sugeridas pelos achados deste estudo.
Abstract: [en] This work aims to analyze and compare the quality of life of elderly of both genders and influence of a dance program in the physical, psychological, social and environmental. This is a study of qualitative and quantitative analysis of a quasi-experimental, attended by 22 seniors of both genders, aged 60 or older, not regular practitioners of regular physical activity, residents of Alto Tietê, located in the municipality of Ferraz de Vasconcelos, state of São Paulo. To evaluate the subjective perception of quality of life, we used the World Health Organization Quality of Life Questionnaire (WHOQOL-BREF) and WHOQOL-OLD for use in elderly. We applied the nonparametric Spearman rank correlation and the chi-square test, to see if there was statistical significance. In all analyzes, we adopted a significance level of p0,05. The procedure performed in this study involved the application of the tools mentioned before and after the period of dance lessons that were taught in the following rhythms: Recreational Dance, Bolero, Forro, Samba Gafieira and Disco. Data were organized and tabulated for statistical analysis. The study sample consisted predominantly of older adults with an average age of 66.45 years, 50% male and 50% female. It was observed more frequently in elderly people with primary education (50%), Catholic (81.82%), married (90.91%), all with their own home, with family incomes of one to three minimum wages per month, Caucasians, and retirees whose disease is the most prominent Hypertension (41.67%), followed by diabetes (29.17%). The level of physical activity "active" prevailed in the total sample, although the responses characterize the profile of the study population as not practicing any other physical activity that participants systematically and have never practiced dance lessons. Participation in sessions of dance classes showed improvement in scores on the WHOQOL-Bref domains in Physical, Psychological, Social and Environmental in both genders. There was also improvement in the scores of the WHOQOL Old facets "Intimacy", "Death and Dying", "Social Participation", "Activities Past, Presents and Future", "Autonomy" and "Sensorimotor Functioning of" pre-and post-intervention Dance in both genders, which showed high value of the total score. Regarding quality of life, the percentages were higher in females, showing that more positively influences this dance genre, since women were more satisfied with their health after dance practice. The welfare provided by dance lessons can be perceived positively with increasing self-esteem and consequently improving the quality of life of elderly participants. Further studies may use data obtained from this research to other investigations that are suggested by the findings
Titulação: Mestre em Ciências do Envelhecimento
Orientador (a): Marcelo de Almeida Buriti
Assuntos: [pt] Dança
[pt] Idosos
[pt] Medicina psicossomática
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)

Pesquisa Específica