Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Resumo

Autor: Emerson Ferreira da Rocha
Título(s): [pt] O estado de natureza: medo e esperança em Hobbes
Resumo: [pt] O propósito principal deste trabalho é tratar do estado de natureza em Thomas Hobbes (1588-1679), mais exatamente, promover uma reflexão sobre o papel das paixões humanas nessa situação, na qual o Estado inexiste, em especial, o papel do medo e da esperança. Para tal empreendimento, tomaremos por base sobretudo o Leviatã (1651), obra mais desenvolvida e pertencente à fase de maturidade do filósofo. Faremos isso em três momentos. Num primeiro momento, apresentaremos as paixões humanas e a sua origem de acordo com o nosso autor. Em seguida, passaremos a expor como as paixões agem entre os homens durante o estado de natureza. Finalmente, abordaremos o tema da passagem dos homens do estado de natureza para o estado civil e como essas paixões impulsionam tal passagem.
Abstract: The main purpose of this study is to address the state of nature, Thomas Hobbes (1588-1679), more exactly, to promote reflection on the role of human passions in this situation, in which the state does not exist, in particular the role of fear and hope. For this undertaking, we shall mainly based on the Leviathan (1651), a work further developed and owned by the maturity of the philosopher. We will do this in three stages. At first, we present the human passions and their origin according to our author. Then we will expose how the passions of men act during the state of nature. Finally, we discuss the theme of the passage of men from the state of nature to the marital status and how those passions drive this transition.
Titulação: Mestrado em Filosofia
Orientador (a): Paulo Jonas de Lima Piva
Assuntos: [pt] Natureza humana
[pt] Esperança
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)

Pesquisa Específica