Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Resumo

Autor: Claudia Maria Marchon
Título(s): [pt] Efeitos morfoquantitativos do treinamento físico aeróbio na aorta ascendente em camundongos fêmeas ldl knockout submetidas à privação dos hormônios ovarianos
Resumo: [pt] A menopausa e a dislipidemia são fatores causadores de lesões endoteliais e teciduais, que levam ao aumento do risco de desenvolver doenças coronarianas. Por outro lado, o treinamento físico é considerado como um importante tratamento não farmacológico em várias disfunções cardiovasculares. Diante disto, o objetivo deste trabalho foi verificar o efeito do treinamento físico na aorta ascendente de camundongos fêmeas LDL knockout submetidas à privação dos hormônios ovarianos sob parâmetros histomorfométrico, estereológico e imunohistoquímico. Foram utilizados 30 camundongos fêmeas divididos em 6 grupos (n=5): controle nãoovariectomizado sedentário (CS); controle ovariectomizado sedentário (COS); controle ovariectomizado treinado (COT); LDL knockout não ovariectomizado sedentário (LDL-S) e LDL-Knockout ovariectomizado sedentário (LDL-OS) e LDL-Knockout ovariectomizado treinado (LDL-OT). Foram analisados a capacidade física dos animais, a densidade de volume de núcleo dos miócitos (Vv[n]), densidade numérica de núcleo dos miócitos (Nn[n]), volume nuclear médio dos miócitos (V), espessura das túnicas média e íntima (μm), área da luz arterial (μm), razão espessura/luz (μm), densidade de volume de fibras colágenas (Vv[fc]), densidade numérica de lamelas (Nn[lam]), densidade de volume de lamelas (Vv[lam]) e análise da A II e ECA I em técnica de imunohistoquímica. Nossos resultados demonstraram que o treinamento físico foi eficaz em melhorar a capacidade física e diminuir a produção da angiotensina II nos grupos treinados, além de diminuir a densidade de volume das fibras colágenas e elásticas no grupo COT. Em contra-partida, verificamos que houve diminuição exacerbada da densidade de volume de fibras colágenas no grupo LDL-OT e um aumento da ECA I. Nesse sentido, poderíamos supor que quando associamos a diminuição do hormônio estrogênio e a dislipidemia, o treinamento físico poderia ser prejudicial para a artéria aorta
Abstract: Menopause and dyslipidemia are major factors for endothelial damage and tissue, leading to increased risk of developing coronary heart disease. Moreover, physical training is regarded as an important non-pharmacological treatment in various cardiovascular disorders. Hence, the objective was to determine the effect of physical training in the ascending aorta of LDL knockout female mice subjected to deprivation of ovarian hormones on histomorphometric parameters, stereological and immunohistochemical study. A total of 30 female mice divided into six groups (n = 5): control non-ovariectomized sedentary (CS); control ovariectomized sedentary (COS), control ovariectomized trained (COT), not LDL knockout ovariectomized sedentary (LDL-S) and LDL- Knockout ovariectomized sedentary (LDL-OS) and LDL-trained ovariectomized Knockout (LDL-OT). We analyzed the physical capacity of the animals, the volume density of nuclei of myocytes (Vv[n]), numerical density of myocyte nuclei (Nn[n]), mean nuclear volume of myocytes (V), thickness of the tunica media and intima (mm), lumen area (mm), ratio thickness / lumen (mm), volume density of collagen fibers (Vv[cf]), numerical density of lamellae (Nn[lam]), volume density of lamellae (Vv [lam]) and A II and ACE I through the method of immunohistochemistry. Our results showed that exercise training was effective in improving physical function and production of A II was decreased in the trained groups, beside that, decrease the volume density of collagen and elastic fibers in the COT group. In return, we found that there was a decrease exacerbated the volume density of collagen fibers in group LDL-OT and an increase in the ACE I. In this sense, one would assume that when we associate the decrease of the hormone estrogen and dyslipidemia, physical training could be detrimental to the aorta.
Titulação: Mestrado em Educação Física
Orientador (a): Laura Beatriz Mesiano Maifrino
Assuntos: [pt] Morfologia (animal)
[pt] Treinamentos físicos
[pt] Imunohistoquímica
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)

Pesquisa Específica