Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Resumo

Autor: Elisabete de Marco Ornelas
Título(s): [pt] Relação da pressão arterial com indicadores de composição corporal em crianças e adolescentes
Resumo: [pt] A obesidade é uma doença universal de prevalência crescente e que, atualmente, assume caráter epidemiológico, como principal problema de saúde pública na sociedade contemporânea. É uma doença multifatorial, decorrente da sobreposição de fatores genéticos, comportamentais e ambientais e pode se iniciar em qualquer idade. A obesidade infantil traz sérias implicações para a saúde na vida adulta, principalmente ao nível das chamadas doenças crônicas-degenerativas, sobretudo, o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. O objetivo do presente estudo foi identificar indicadores de composição corporal e sua relação com alteração da pressão arterial segundo os efeitos do gênero, em crianças e adolescentes de 6 a 18 anos de uma escola privada da cidade de São Paulo. Participaram do estudo 1.050 escolares (556 meninos e 494 meninas) que foram separados por faixa etária: 6 a 9 anos de idade (Escolares), de 10 a 14 anos de idade ( Pré-Adolescentes) e de 15 a 18 anos de idade (Adolescentes) submetidos a medidas do índice de massa corpórea (IMC), percentual de gordura, circunferência da cintura (CC), relação cintura-quadril (RCQ) e pressão arterial (PA). A maior prevalência de sobrepeso foi observada no grupo pré-adolescente, em meninos (21%) e meninas (24 %). A prevalência de obesidade foi maior no grupo escolar, em meninos (38%) e meninas (22%). A análise da composição corporal demonstrou alta predominância de adiposidade acima de valores normais em meninos e meninas em fase escolar (34% e 22%), pré-adolescente (49% e 46%) e adolescente (47% e 52%, respectivamente). A análise da PA sistólica demonstrou pré hipertensão em 2,8% das meninas e 5,9% dos meninos e hipertensão em 4,0% das meninas e 7,9% dos meninos. Observou-se maior prevalência de PAS no gênero masculino. Na análise de correlação de Pearson a CC, % de gordura e o IMC correlacionaram-se significativamente com PAS e PAD tanto para o gênero feminino quanto para o gênero masculino. Além disso, a análise de regressão demonstrou que dentre todos os indicadores utilizados, a circunferência da cintura foi o indicador que apresentou maior correlação com a pressão arterial. Tais dados sugerem que crianças do gênero masculino apresentam maior risco de desenvolver hipertensão na vida adulta, e o uso da medida da CC pode ser uma importante ferramenta clínica para prevenir a doença cardiovascular na fase adulta.
Abstract: [en] Obesity is a major public health problem in contemporary society. It is a multifactorial disease, resulting from the overlap of genetic, behavioral and environmental factors and can begin at any age. Childhood obesity may serious implications for health in adulthood, like the development of cardiovascular and chronic degenerative diseases. The aim of this study was to identify indicators of body composition and its relation to changes in blood pressure according to the effects of gender in children and adolescents for 6 to 18 years old in a private school from São Paulo. The students (556 boys and 494 girls) were separates by age groups 6 - 9 (school), from 10 - 14 (pre-teen) and 15 - 18 years old (adolescent) undergone measurements of body mass index (BMI), fat percentage, waist circumference (WC), waisthip ratio (WHR) and blood pressure (BP). The highest prevalence of overweight was observed in the early tennager, in boys (21%) and girls (24%). The prevalence of obesity was higher in the school, in boys (38%) and girls (22%). The body composition analysis demonstrated a high prevalence of adiposity above normal values in boys and girls in scholar age (34% and 22%), early tennager (49% and 46%) and tennager (47% and 52% respectively). The analyses of systolic BP showed prehypertension in 2.8% of girls and 5.9% of boys and hypertension in 4.0% of girls and 7.9% of boys. A higher prevalence of systolic BP was observed in males. The Pearson´s correlation showed significant correlation between body mass index, fat percentage and waist circumference with systolic and diastolic blood pressure. Furthermore, regression analysis showed that among all the indicators used, the waist circumference was the indicator that showed the highest correlation with blood pressure. These data suggest that male children have greater risk of developing hypertension in adulthood, and the use of waist circumference measurement may be an important clinical tool for preventing cardiovascular disease in adulthood.
Titulação: Mestrado em Educação Física
Orientador (a): Rogério Brandão Wichi
Assuntos: [pt] Composição corporal
[pt] Obesidade nas crianças
[pt] Pressão arterial
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)

Pesquisa Específica