Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Resumo

Autor: João Marcelo de Queiroz Miranda
Título(s): [pt] Respostas agudas do exercício resistido sobre variáveis metabólicas, cardiovasculares e autonômicas em adolescentes eutróficos e com sobrepeso
Resumo: [pt] A obesidade é hoje considerada uma doença e tem se tornado um grande problema de saúde pública, atingindo altas taxas de prevalência em crianças e adolescentes. O exercício físico vem se tornando grande aliado na prevenção e tratamento da obesidade, sendo que o exercício resistido tem sido freqüentemente utilizado. Desta forma, o objetivo deste estudo foi avaliar as respostas agudas metabólicas, hemodinâmicas e autonômicas induzidas por uma sessão de exercício físico resistido em adolescentes com sobrepeso. Foram avaliados 17 indivíduos do sexo masculino com idade entre 14 a 18 anos. A amostra foi dividida em grupo controle (GC, n=9) e grupo sobrepeso (GSO, n=7). Os participantes foram submetidos a uma sessão de trinta minutos de exercícios resistidos para diferentes grupos musculares, realizados com sobrecarga de 60% da força máxima (obtida através do teste de 1RM), com um intervalo de 45 segundos entre as séries e 90 segundos entre cada exercício. Dez minutos antes, durante e até 30 minutos após a realização da sessão os seguintes parâmetros foram avaliados em cada fase: freqüência cardíaca (FC), pressão arterial sistólica (PAS), pressão arterial diastólica (PAD), variabilidade da freqüência cardíaca (VFC), glicemia, lactato, triglicérides e colesterol total. Teste de análise de variância (ANOVA) seguido de post-hoc Neuwman Keuls foi devidamente aplicado para análise dos dados. Valores de p<0,05 foram considerados significativos. Não foram observadas diferenças entre os níveis de colesterol total e triglicérides antes e após exercício. Foi observado que o GSO apresentou aumento do lactato mais precoce quando comparado ao GC durante o exercício. Na recuperação, o lactato retornou ao valor basal de forma semelhante entre os grupos. A glicemia diminuiu durante o exercício apenas no GSO. A PAS aumentou nos dois grupos, porém sem diferenças entre eles. A PAD diminuiu mais precocemente no GSO e retornou ao valor basal durante a recuperação sem diferença estatística entre os grupos. A FC aumentou durante a sessão de exercício de forma idêntica nos dois grupos, porém no GSO foi observado que durante a recuperação a FC retornou ao valor basal, o que não aconteceu no GC. Os índices da VFC no domínio do tempo (VAR RR e RMSSD) se comportaram de maneira semelhante frente ao exercício nos dois grupos, porém, nos índices SDNN e PNN50 retornaram aos valores basais durante a recuperação apenas no GSO. Os índices de VFC no domínio da freqüência (LF e HF) apresentaram comportamento semelhante em ambos os grupos em todos os momentos estudados. Dessa forma, sugere-se que o aumento do nível de atividade física em indivíduos com sobrepeso pode prevenir as alterações autonômicas que estão associadas ao aumento do peso corporal e conferir efeito protetor ao sistema cardiovascular.
Abstract: [en] The obesity has been considered a disease and has become a major public health problem, reaching high rates of prevalence in children and adolescents. The physical exercise can be used to prevent and treat the obesity. The resistance exercises has been used to this population. Thus, the aim of this study was to evaluate acute responses of metabolic, hemodynamic and autonomic changes induced by one session of resistance exercises in overweight adolescents. Sixteen male with aged between 14 to 18 years old were analysed. The sample was divided into control group (CG, n = 9) and overweight group (GSO, n = 7). The participants were submmited a session of thirty minutes of resistance exercises for different muscle groups, performed with overhead of 60% of maximum force (obtained through the 1 RM test), with an interval of 45 seconds between sets and 90 seconds between each exercise. Ten minutes before, during and until 30 minutes after the session the following parameters were evaluated at each stage: heart rate (HR), systolic blood pressure (SBP), diastolic blood pressure (DBP), heart rate variability (HRV) , glucose, lactate, triglycerides and total cholesterol. The results are presented as mean ± standard error. Analysis of variance (ANOVA) followed by post-hoc Neuwman Keuls was used for data analysis. P-values <0.05 were considered significant. There were no differences between the levels of total cholesterol and triglycerides before and after exercise. We observed that the GSO showed early increase of lactate in GC returning to baseline in both groups during the recovery. The blood glucose decreased in GSO during the exercise. The SBP increased during the exercise in both groups, however, the DBP decreased earlier in GSO, returning to baseline in recovery in both groups. The HR increased similarly in both groups. However, the HR returned to baseline early during recovery in GSO. The responses of HRV indices in the time domain (VAR RR, RMSSD) to resistance exercise session were similarly between groups, however, the SDNN and PNN50 index showed better recovery from exercise in GSO. HRV index in the frequency domain (LF, HF) were not different between the groups in all conditions. These results suggested that the increased level of physical activity can prevent the autonomic changes that are associated with increased body weight in overweight individuals.
Titulação: Mestrado em Educação Física
Orientador (a): Rogério Brandão Wichi
Assuntos: [pt] Exercícios físicos
[pt] Frequência Cardíaca
[pt] Obesidade nos adolescentes
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)

Pesquisa Específica