Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Resumo

Autor: Maria Cristina Nunes Miguel
Título(s): [pt] Emoções pré-competitivas em atletas de basquetebol: uma análise qualitativa na perspectiva da psicologia do esporte
Resumo: [pt] O atleta, no momento pré-competitivo, está sob a influência das mais variadas pressões do meio esportivo, tais como: expectativas sobre o desempenho por parte da imprensa, familiares, treinadores e componentes da equipe, exigência de resultados, cobrança de que o atleta ou a equipe tenha determinado tipo de comportamento ou atitude, importância da competição, dentre outros. Além do mais, está sob a influência de pressões pessoais, auto-expectativa para se desempenhar bem, ter autocontrole sobre suas atitudes, etc. Estas pressões são avaliadas e interpretadas cognitivamente e podem gerar uma gama de emoções, interferindo no seu desempenho. Emoção é definida como um conjunto complexo de motivos objetivos e subjetivos que originam reações como alegria, prazer, medo, ansiedade e nervosismo. Portanto este estudo tem por objetivo compreender e analisar as emoções vivenciadas por jogadores no momento anterior a competição, denominado pré-competitivo. Para tanto, foram avaliados 48 jogadores de alto rendimento, do sexo masculino, da modalidade basquetebol, convocados para a Seleção Brasileira Juvenil (N=30) e Adulta (N=18) para participarem dos Campeonatos 5ª Copa América Juvenil Masculina e do 8 Campeonato Mundial Juvenil Masculino sub-19 e do 42 Campeonato Sulamericano Adulto Masculino e 15 Campeonato Mundial Adulto Masculino através de uma questão aberta semi-estruturada: “Escreva como você se sente no momento anterior à competição”. Assim, a análise compreensiva dos relatos sobre as emoções de cada atleta foi dividida em três etapas a seguir: Descrição Fenomenológica das vivências emocionais pré-competitivas para cada sujeito das duas equipes. Redução Fenomenológica e Categorização de determinadas partes das descrições dos sujeitos e, Reflexão e Interpretação Fenomenológica dos discursos dos jogadores buscando elementos comuns e diferentes à maioria comparando por tempo de experiência e posição de jogo e, finalmente, discutindo à luz da Psicologia do Esporte. Podemos concluir que as emoções pré-competitivas são reflexo predominantemente do processo cognitivo sobre a expectativa do desempenho. Portanto, a perspectiva cognitiva das emoções é relevante para este contexto. A familiaridade das emoções pré-competitivas é fundamental já que é um importante mediador do desempenho futuro. Assim, quando os atletas se percebem como tendo algum tipo de controle sobre as futuras competições e o domínio sobre as competências necessárias para aquele momento em particular exibem emoções pré-competitivas relacionadas a auto-expectativas positivas. Por outro lado, quanto mais importante e incerto for o resultado esportivo, mais os atletas tendem a experienciar emoções pré-competitivas relacionadas a preocupação e ansiedade. Essas considerações anteriores também nos levam a afirmar que as emoções vivenciadas são dependentes do tempo de experiência.
Abstract: [en] Before competitions, athletes are under the influence of a variety of pressures, such as expectations from the press, family, coaches and team members concerning results, behavior or attitude, importance of competition, among others. Moreover, they are under the influence of personal pressures, such as self-expectation to play well, self-confidence, etc. Such pressures are perceptively evaluated and interpreted, and may generate a range of emotions, interfering with their performance. Emotion is defined as a complex set of objective and subjective reasons that cause reactions such as joy, pleasure, fear, anxiety and nervousness. Thus, this study aims at checking and understanding the emotions experienced by players before competition, the so-called pre-competitive emotions. To this end, 48 basketball players were evaluated – all of them male, with a high-income and summoned for the Brazilian National Young (N = 30) and Adult (N = 18); the 5th America Cup for Young Males; the 8th World Championship for Young Males under 19; the 42nd South-American Championship for Adult Men; and the 15th World Championship for Adult Males - ] through an open semi-structured question: "Write how you feel before competitions." Thus, the comprehensive analyses of reports describing the athlete's emotions was divided into three steps: Phenomenological Description of pre-competitive emotional experience for each subject from both teams; Phenomenological Reduction and Categorization of some parts of the subjects' descriptions; and Phenomenological Reflection and Interpretation of speeches of the players' speeches, in a search for common and different elements among most players, taking into consideration their experience and game position under the light of Sport Psychology. We can conclude that the pre-competitive emotions are mainly reflections of the cognitive process on the expectation of performance. Therefore, the prospect of cognitive emotions is relevant for this context. The familiarity of pre-competitive emotions is crucial since it is an important mediator of future performances. Thus when athletes realize they have some kind of control over future competitions, and master the required skills for that particular moment, they exhibit pre-competitive emotions related to positive self-expectations. On the other hand, the more important and uncertain sport is, the more athletes tend to experience pre-competitive emotions involving uneasiness and anxiety. The above considerations also lead us to claim that emotions depend on time of experience.
Titulação: Mestrado em Educação Física
Orientador (a): Maria Regina Ferreira Brandão
Assuntos: [pt] Basquetebol
[pt] Emoções
[pt] Esportes – Aspectos psicológicos.
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)

Pesquisa Específica