Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Resumo

Autor: Gilberto Machado Rizzi
Título(s): [pt] A percepção do ambiente urbano: investigando uma ilha de tranqüilidade na Mooca.
Resumo: [pt] A arquitetura sofreu uma importante crise na década de 1960, que romoveu a ruptura de velhos paradigmas e motivou a busca de novos. Encerrou-se o movimento moderno em meio a grande polêmica no âmbito profissional e sob intensa crítica da sociedade em diversas partes do mundo, que atribuía ao movimento modernista dos quarenta anos precedentes a precária qualidade das cidades contemporâneas. Arquitetos apanhados de surpresa pelas diferenças de percepção existentes entre moradores e profissionais buscaram subsídios nas ciências sociais, que já estudavam a cidade sob diferentes enfoques, inaugurando um profícuo campo interdisciplinar de pesquisa. O presente trabalho acompanha o percurso da pesquisa na área da percepção do ambiente urbano, realizada a partir de então, destacando os principais conceitos desenvolvidos e o método qualitativo utilizado. Esses elementos enriquecem a abordagem tradicional da cidade, de caráter marcadamente quantitativo. Conceitos e método são verificados em um estudo de caso, que adota como área de estudo um conjunto de quadras do bairro da Mooca, na zona leste de São Paulo. Os ensinamentos decorrentes desse exercício de campo confirmam a importância dessa área de pesquisa e mostram o quanto os moradores podem contribuir na concepção e no projeto do ambiente em que vivem.
Abstract: [en] The achitecture beared a critical period in the 1960's that lead to the disruption of old paradigms and to the search of new ones. The modern movement in architecture arrived to the end, amidst an ambience of deep desagreement in the professional field of designers and under tough criticism of the international community, that blamed on the modern achitecture of the preceding forty years the critical conditions of the urban environment. The different perceptions of the built environment, that showed up at this period were at least surprising for many architects. Some of them, aware of this fact, search for help in the social studies, that focused the city in many different ways, stablishing a fertile interdisciplinary research field. This work walks the path opened by the researchers in the perception of urban environment, pointing out the main concepts that emerged, as well as the qualitative research method employed. These elements contribute to make wider the traditional aproach of the city, strongly based on quantitative procedures. The concepts and method were checked up in a study case, whose study area is a group of blocks in Mooca, that is a quartier in the east zone of São Paulo. The teachings that result from this field exercice confirm the relevance of this research area and signilize the contribution that citzens can bring to the design process of their environment. Key-words: perception, architecture, urban environment, qualitative research method.
Titulação: Mestrado em Arquitetura e Urbanismo
Orientador: Sérgio Roberto de França Mendes Carneiro
Assuntos: [pt] Ambiente urbano
[pt] Percepção
[pt] Projeto ambiental
[pt] Mooca (São Paulo, SP)
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)

Pesquisa Específica