Biblioteca - Profª Alzira Altenfelder Silva de Mesquita

Resumo

Autor: Zirlene Adriana dos Santos
Título(s): [pt] Efeitos do treinamento intenso e da restrição alimentar sobre o eixo reprodutivo de ratas: relações com leptina, igf-1 e estradiol.
Resumo: [pt] O presente estudo teve como objetivos avaliar respostas sobre o sistema reprodutor em ratas submetidas a treinamento intenso e restrição alimentar. Foram estudadas 27 ratas adultas, com ciclo estral normal, subdivididas nos seguintes grupos: AS= ratas sedentárias, alimentadas de acordo com as recomendações do AIN-93; SR= ratas sedentárias, submetidas à restrição alimentar de 50% em relação ao grupo SA; TA= ratas alimentadas de acordo com as recomendações do AIN-93, submetidas a um protocolo progressivo de treinamento físico, que totalizou 85% de um teste máximo; TR= ratas treinadas pelo mesmo protocolo que as TA, a submetidas à restrição alimentar de 50% sobre o grupo TA. As ratas foram mantidas em gaiolas individuais, com controle diário do consumo de ração e controle semanal do peso corporal. Além disso, o ciclo estral era verificado diariamente a partir da técnica de esfregaço vaginal. Ao final de um período de 8 semanas, os animais foram submetidos a eutanásia por decapitação. O sangue foi coletado por gravidade, imediatamente centrifugado e o plasma foi armazenado a -80oC para análises posteriores. No momento do sacrifício, foram pesados: o fígado, o músculo gastrocnêmio, os ovários, o tecido adiposo marrom, e o tecido adiposo perirenal. As análises realizadas após o sacrifício foram: análise da composição corporal; análise da concentração plasmática de leptina, estradiol e IGF-I, proteína acumulada no fígado e no músculo. Com relação ao ciclo estral, apenas o grupo TR cessou as atividades do mesmo após quatro semanas de treinamento. Os grupos submetidos à restrição alimentar perderam peso durante o período de experimento, e também o coeficiente de eficácia alimentar negativo. Os hormônios que responderam significativamente às variações de peso corporal foram a leptina e o estradiol. As concentrações de leptina foram significativamente diminuídas nos grupo submetidos a restrição alimentar. Da mesma forma, os depósitos de gordura subcutânea e visceral foram significativamente diminuídos nos grupos restritos. A análise de correlação múltipla mostrou que o tecido adiposo subcutâneo respondeu significativamente pelas concentrações plasmáticas de leptina. Não foi observada uma relação direta entre a cessação do ciclo estral e as concentrações de estradiol ou leptina. O presente estudo apontou que somente a restrição alimentar juntamente com o exercício intenso foram capazes de alterar o ciclo estral das ratas. Portanto, somente um balanço energético tornado expressivamente negativo. Parece haver outros fatores, além da leptina, que exercem papel sobre a sinalização do eixo reprodutor em ratas.
Abstract: [en]This study aims to evaluate answers on reproductive system in rats submitted to intense training and food restriction. Material and methods: 27 adult female rats, with normal estral cycle, had been studied, divided in the following groups: = SA: sedentary rats, fed in accordance with AIN-93; SR.= sedentary rats, submitted to 50%food restriction in relation to group SA; TA= rats fed in accordance to AIN-93, submitted to a gradual protocol of physical training, that totalized 85% of a maximum test; TR = trained rats, with the same protocol that TA, submitted to food restriction of 50% on the group TA. The rats had been kept in individual cages, with daily control of the food consumption and weekly control of the body weight. Moreover, the estral cycle was verified daily by vaginal scratching technique. At the end of 8 weeks, the animals had been submitted to euthanasia by decapitation. The blood was collected by gravity, immediately centrifuged and the plasma was stored at 80oC for posterior analyses. At the moment of the sacrifice, they had been weighed: liver, gastrocnemius muscle, ovary, brown adipose tissue, and perirenal adipose tissue. They had been analyzed: body composition; leptin, estradiol and IGF-I blood levels, liver and muscle protein. Related to estral cycle, only TR interrupted the activities after the 4 weeks of training. The food restrict group had lost weight during the period of experiment, and also had negative CEA. The hormones that had answered significantly to the body weight variations had been the leptin and estradiol. Leptin had been diminished significantly in the food restricted group. In the same way, thesubcutaneous and visceral fat significantly diminished in the restricted groups. The multiple correlation analysis showed that subcutaneous adipose tissue answered significantly for the leptin levels There was not observed a direct relation between interruption of the estral cycle and the estradiol or leptin. CONCLUSIONS: the present study pointed that only food restriction plus intense exercise, therefore only an expressively negative energy balance, had been exert influence on signaling to reproductive axis, in rats.
Titulação: Mestrado em Educação Física
Orientador: Sandra Maria Lima Ribeiro
Assuntos: [pt] Treinamento intenso
[pt] Restrição alimentar
[pt] Leptina
[pt] Estratiol
[pt] Ciclo estral
Arquivo(s): Abrir documento (PDF)

Pesquisa Específica