Sistema End√≥crino PDF 

I ‚Äď Material: Hip√≥fise

Técnica: HE

 

Observação com aumento total de 40x: Nesse campo microscópico é possível observa-se uma área mais corada (mais avermelhada) que é a Pars distalis da adenohipófise e a área menos corada que corresponde a Pars nervosa da neurohipófise.

 

Observa√ß√£o com aumento total de 100x: Nesse campo microsc√≥pico √© poss√≠vel observar-se uma maior √°rea da Pars distalis da adenohip√≥fise e uma menor √°rea que corresponde a Pars nervosa da neurohip√≥fise. As c√©lulas que aparecem bem avermelhadas na Pars distalis s√£o as chamadas c√©lulas alfa que s√£o acid√≥filas respons√°veis pela libera√ß√£o do horm√īnio somatotr√≥fico ou de crescimento e o horm√īnio prolactina ou lactog√™nico. As c√©lulas mais azuladas s√£o bas√≥filas e s√£o respons√°veis pela libera√ß√£o de diversos horm√īnios: horm√īnios gonadotr√≥ficos (horm√īnio fol√≠culo estimulante e horm√īnio luteinizante), horm√īnio tireotr√≥fico e horm√īnio adenocortiotr√≥fico. A neurohip√≥fise que aparece mais clara no campo microsc√≥pico √© respons√°vel pela libera√ß√£o dos horm√īnios ADH (Horm√īnio antidiur√©tico) e a oxitocina.

 

Observa√ß√£o da Pars distalis da adenohip√≥fise com aumento total de 400x: Nesse campo microsc√≥pico podemos observar facilmente as c√©lulas acid√≥filas (c√©lulas alfa) bem avermelhadas e com o n√ļcleo corado num tom arroxeado e as c√©lulas menos coradas que s√£o as c√©lulas bas√≥filas (c√©lulas beta). √Č poss√≠vel tamb√©m observar-se os capilares sangu√≠neos entre os cord√Ķes de c√©lulas.

Observa√ß√£o da neurohip√≥fise (Pars Nervosa) com aumento total de 400x: Nesse campo microsc√≥pico √© poss√≠vel observar-se fibras nervosas r√≥seas e n√ļcleos de c√©lulas chamadas pitu√≠citos (c√©lulas neur√≥glicas ).

 

II ‚Äď Material: Tire√≥ide e Paratire√≥ide

Técnica: HE

 

Observa√ß√£o com aumento total de 40x: Nesse campo √© poss√≠vel observar-se as duas gl√Ęndulas end√≥crinas. A tire√≥ide fica situada no canto superior a esquerda da foto e a paratire√≥ide se acha numa cor mais arroxeada do lado direito da foto.

 

Observação da tireóide com aumento total de 40x: Nesse campo microscópico é possível observar-se os diversos folículos tireoidianos em corte transversal. Entre os folículos tireoidianos podemos observar tecido conjuntivo onde se colocam capilares sanguíneos.

 

Observa√ß√£o da tire√≥ide com aumento total de 100x: Nesse campo microsc√≥pico √© poss√≠vel observar-se os fol√≠culos tireoidianos com seu epit√©lio c√ļbico simples e o col√≥ide bem avermelhado no seu interior, bem como o tecido conjuntivo que fica em volta dos mesmos. Envolvendo a gl√Ęndula tire√≥ide podemos observar claramente a c√°psula conjuntiva.

 

Observa√ß√£o da tir√≥ide em aumento total de 400x: Nesse campo microsc√≥pico √© poss√≠vel observar-se bem detalhadamente os fol√≠culos tireoidianos onde podemos notar os n√ļcleos esf√©ricos arroxeados das c√©lulas epiteliais c√ļbicas que secretam T3 (Triiodotironina) e T4 (Tetraiodotironina ou tiroxoina). O col√≥ide bem avermelhado que representa as secre√ß√Ķes dos fol√≠culos tireoidianos √© facilmente vis√≠vel.

 

III ‚Äď Material: Paratire√≥ide

Técnica: Hematoxilina-Eosina

 

Observa√ß√£o com aumento total de 100x: Podemos observar nesse campo microsc√≥pico n√ļcleos esf√©ricos arroxeados das c√©lulas principais da paratire√≥ide formando verdadeiros cord√Ķes celulares. Espa√ßos vazios entre os cord√Ķes de c√©lulas nada mais s√£o do que capilares que recebem o horm√īnio paratorm√īnio que regula a taxa de c√°lcio no sangue. √Č poss√≠vel observa-se uma c√°psula conjuntiva bem fina que envolve a gl√Ęndula.

 

Observa√ß√£o com aumento total de 400x: Nesse campo microsc√≥pico podemos observar os cord√Ķes de c√©lulas principais muito nitidamente al√©m dos capilares sangu√≠neos que aparecem com sua luz facilmente vis√≠vel. As c√©lulas s√£o de pequeno tamanho o que se pode perceber pela proximidade dos seus n√ļcleos.

 

IV ‚Äď Material: P√Ęncreas

Técnica: Hematoxilina-Eosina

Com destaque para a porção endócrina representada pela ilhota de Langerhans.

 

Observa√ß√£o do P√Ęncreas com aumento total de 400x: Nesse campo microsc√≥pico podemos observar cord√Ķes celulares onde ficam as c√©lulas beta secretoras de insulina e as c√©lulas alfa secretoras de glucagon. Entre os cord√Ķes de c√©lulas encontramos capilares sangu√≠neos para onde s√£o lan√ßados os horm√īnios. As c√©lulas beta aparecem menos coradas que as c√©lulas alfa que s√£o acid√≥filas e portanto mais avermelhadas. A ilhota de Langerhans apresenta-se mais clara que os acinos pancre√°ticos secretores do suco pancre√°tico e que ficam a sua volta.

 

Observa√ß√£o da ilhota de Langerhans corada por HE com 1000x de aumento total: Nesse campo microsc√≥pico √© poss√≠vel observar-se de maneira muito detalhada as c√©lulas mais claras dos cord√Ķes¬† com n√ļcleos claros que s√£o¬† as c√©lulas beta secretoras de insulina e as c√©lulas alfa com n√ļcleos mais corados que secretam o glucagon. Os capilares sangu√≠neos s√£o tamb√©m facilmente percebidos pela sua luz. Os horm√īnios liberados pelas c√©lulas dos cord√Ķes s√£o lan√ßados no sangue desses capilares.

 

T√©cnica: Tric√īmero de Masson

Observa√ß√£o das Ilhotas de Langerhans com aumento total de 400x: Nesse campo microsc√≥pico √© poss√≠vel observar-se os cord√Ķes de c√©lulas e os capilares das Ilhotas de Langerhans as c√©lulas mais coradas s√£o as alfas secretoras do glucagon e as betas que s√£o menos coradas secretam insulina. A ilhota de Langerhans aparece mais clara e envolvida por acinos pancre√°ticos que, por sua vez, apresentam-se mais corados.

 

Observa√ß√£o das Ilhotas de Langerhans com aumento total de 1000x coradas pela t√©cnica do Tricr√īmico de Masson: Nesse campo microsc√≥pico √© poss√≠vel observar-se os cord√Ķes celulares contendo as c√©lulas beta mais claras secretoras de insulina e as c√©lulas alfa mais coradas secretores de glucagon alem dos capilares que aparecem na forma desses espa√ßos mais claros. Todos esses elementos citados aparecem de forma muito bem detalhada. Ao redor da ilhota de Langerhans s√£o vistos claramente os acinos pancre√°ticos com seus gr√Ęnulos de zimog√™nio bem avermelhados.

 

V-SUPRARRENAL OU ADRENAL

Observa√ß√£o com aumento total de 40x: √Č poss√≠vel observar-se de fora para dentro: a c√°psula conjuntiva e a camada cortical com as zonas glomerulosa, fasciculada e reticulada. A camada medular fica posicionada mais centralmente.

Obs: A zona glomerulosa da cortical secreta aldosterona, as zonas fasciculada e reticulada da cortical secretam horm√īnios sexuais, cortisol e corticosterona. A camada medular secreta adrenalina e noradrenaina.

 

Observação com aumento total de 100x: Neste aumento é possível observar-se de cima para baixo a cápsula conjuntiva e a zona glomerulosa e zona fasciculada da camada cortical.

 

Observa√ß√£o com aumento total de 400x: Neste aumento e neste campo √© poss√≠vel observar-se a c√°psula conjuntiva e a zona glomerulosa da camada cortical. A zona glomerulosa apresenta cord√Ķes mais arqueados.

 

Observação com aumento total de 400x: Detalhes da camada medular. Observamos também um pouco da zona reticulada da camada cortical.

 

Observa√ß√£o com aumento total de 400x: Observe a zona fasciculada e reticulada da suprarrenal. A zona reticulada aparece mais avermelhada que a zona fasciculada que apresenta cord√Ķes celulares mais retl√≠neos com capilares regulares.A zona reticulada apresenta cord√Ķes celulares e capilares irregulares.

 

 



Obrigado por visitar o Acervo Digital de L√Ęminas de Citologia, Histologia e Embriologia.
Registre a sua presença ou comente sobre o material em exposição.
Seu apelido/nome:
Coment√°rio:

• Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

© 2000/2014 - Universidade São Judas Tadeu.